Governo distribui quase 100 mil medicamentos de intubação para hospitais e prefeituras

Curitiba – Agência Estadual

Medicamentos foram adquiridos e serão encaminhados às regionais, juntamente com o novo lote de vacinas que chegou ao Estado CRÉDITO: AEN

A Secretaria de Estado da Saúde distribui a partir desta sexta-feira (26) cerca de 100 mil unidades de medicamentos analgésicos e bloqueadores neuromusculares que integram o chamado kit intubação, utilizado para intubar pacientes com casos graves de Covid-19. A previsão é concluir a distribuição já no sábado (27).

Serão enviadas 80 mil unidades do analgésico Fentanil a todo o Paraná: 60 mil ampolas destinadas a 63 hospitais que atendem Covid-19 e 20 mil unidades enviadas para municípios. Os medicamentos foram adquiridos pela Secretaria de Saúde e serão encaminhados às regionais, juntamente com o novo lote de vacinas que chegou ao Estado.

No sábado (27), a secretaria envia 19 mil unidades do bloqueador neuromuscular Rocurônio, encaminhadas ao Estado através do Ministério da Saúde.

“Nossas reservas de medicamentos estão se esgotando dramaticamente. Nós recebemos alguns agora, estamos comprando outros e há uma possibilidade de compra no Exterior autorizada pela Anvisa. Também estamos pressionando o Ministério da Saúde para que auxilie efetivamente nesse contexto”, afirmou o secretário da pasta, Beto Preto.

“Temos novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva para serem abertos nos próximos dias, mas para isso dependemos também de medicamentos, além de profissionais e equipamentos. Estamos no limite, não apenas no Paraná, mas no Brasil todo. As fábricas não têm conseguido atender toda essa demanda. Mas estamos trabalhando para comprar mais kits”, complementou.

Ele destacou, ainda, que o Paraná mantém monitoramento frequente desses medicamentos e tem conversado com os municípios diariamente para atendimentos emergenciais.

RESPIRADORES E MONITORES 

Ontem, 26, também foram encaminhados 12 respiradores e 12 monitores ao Hospital da Polícia Militar. Os respiradores foram enviados ao Estado através do Ministério da Saúde. Os monitores, por sua vez, são uma doação da empresa Mondelēz Brasil.

“Eu quero fazer um agradecimento em nome de toda a população do Paraná por esses equipamentos. Estamos falando em respiradores e monitores que vão dar a oportunidade de abrir mais leitos de UTI. Só nos últimos 15 dias, foram mais de 1.200 leitos abertos no Estado todo – o equivalente a dez hospitais de campanha. A nossa gratidão aos empresários que doaram equipamentos que vão salvar as vidas de muitos paranaenses”, declarou o governador Carlos Massa Ratinho Junior.