INSS libera calendário da prova de vida; Confira os prazos e não perca seu benefício

As provas de vida foram suspensas em março de 2020 devido à pandemia. Desde então, os bloqueios de benefícios não podem ser realizados.

Edital Concurso Brasil


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) prorrogou o impedimento de bloqueios e suspensões de benefícios da Previdência Social. A medida foi publicada em 26 de fevereiro, por meio de portaria.

As provas de vida foram suspensas em março de 2020 devido à pandemia. Desde então, os bloqueios de benefícios não podem ser realizados. Com a decisão, o prazo foi novamente estendido, e segue até abril de 2021. Assim, o procedimento só voltará a ser realizado em maio, caso não haja uma nova prorrogação.

Confira o novo calendário da prova de vida do INSS:

  • Quem não realizou em março/abril de 2020, deve fazer a prova de vida em maio de 2021;
  • Quem não realizou em maio/junho de 2020, deve fazer em junho de 2021;
  • Quem não realizou em julho/agosto de 2020, deve fazer em julho de 2021;
  • Quem não realizou em setembro/outubro de 2020, deve fazer em agosto de 2021;
  • Quem não realizou em novembro/dezembro de 2020, deve fazer em setembro de 2021;
  • Quem não realizou em janeiro/fevereiro de 2021, deve fazer em outubro de 2021;
  • Quem não realizou em março/abril de 2021, deve fazer em novembro de 2021.

Sobre a prova de vida do INSS

A prova de vida foi criada em 2012 para evitar fraudes no pagamento de benefícios do INSS. O procedimento deve ser realizado anualmente, em geral no mês de aniversário do segurado, no banco em que ele recebe os pagamentos.

Quando o beneficiário não consegue se dirigir à agência para realizar a prova, seja por motivo de doença ou dificuldades de locomoção, um procurador do segurado, devidamente cadastrado no INSS, pode se responsabilizar pelo procedimento.

Beneficiários do INSS que residem no exterior também são obrigados a passar pelo procedimento. Caso estes não possam comparecer ao banco na data marcada, também é possível designar um procurador para fazer a prova.