Corrida presidencial: Bolsonaro aparece à frente de Lula após petista recuperar direitos políticos

Pesquisa do Instituto Real Time Big Data mostra Bolsonaro com 31% das intenções de votos, contra 21% de Lula.

Capitalist


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aparece na liderança das intenções de voto para as eleições presidenciais de 2022. De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Real Time Big Data/CNN, o atual chefe do Executivo aparece com 31% dos votos e está à frente do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que aparece em segundo, com 21%, ou seja, 10 pontos percentuais a menos. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Este é o primeiro levantamento divulgado depois que o petista retomou seus direitos políticos na última segunda-feira, 8, quando o ministro Edson Fachin do STF, do Supremo Tribunal Federal (STF) anulou as condenações de Lula no âmbito da operação Lava Jato em Curitiba (PR).

Com a decisão, o ex-presidente deixa de se encaixar na Lei da Ficha Limpa, que barrou sua candidatura em 2018.

Em terceiro lugar, com 10% das intenções de voto, aparece Sergio Moro, ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal, inclusive, responsável pelas condenações de Lula na 13ª Vara Federal de Curitiba, apontada por Fachin como não sendo a vara competente para julgar o petista.

Levando em consideração a margem de erro da pesquisa, 3 pontos percentuais, Moro está em empate técnico com:

  • Ciro Gomes (PDT), que soma 9% das intenções de voto;
  • Luciano Huck (sem partido), que soma 7%; e
  • João Doria (PSDB) com 4%.

Segundo turno

Em uma simulação de segundo turno, Bolsonaro e Lula aparecem em empate técnico. Nessa situação, o atual chefe do Executivo leva 43% contra 39% do petista. Brancos e nulos somam 15% e 3% não souberam ou não responderam.

A pesquisa ouviu 1.220 pessoas por telefone e foi realizada entre os dias 8 e 9 de março, depois da decisão de Fachin que recolocou Lula na disputa presidencial de 2022.