Comércio da região retoma atividades

Grande parte das prefeituras liberaram reabertura do comércio considerado não essencial após suspensão das atividades durante a semana passada 

Da Redação 

Comércio de Jacarezinho retomou as atividades com limitação de 50% da capacidade de público

O comércio considerado não essencial retomou as atividades presenciais em praticamente todos os municípios da região nesta segunda-feira (08), após paralisação dos trabalhos na semana passada devido a determinação de decreto do governo do Estado.

A reabertura na região se antecipou à liberação do Estado, que só prevê a retomada na quarta-feira. Entretanto, houve entendimento geral que em municípios de menor porte o comércio não é o maior causador de aglomerações de pessoas.Além disso, pesou muito o fator econômico, uma vez que a manutenção do fechamento do comércio considerado não essencial, que em muitos casos é o maior gerador de postos de emprego nas cidades, poderia causar uma onda de falências e desemprego em economias já com sérias dificuldades.

A flexibilização do decreto estadual foi, durante a semana passada, amplamente debatida com associações comerciais, que entendiam como injusta as restrições impostas ao comércio e pediam a liberação dos trabalhos, mesmo que com a adoção de algumas restrições.

Alguns municípios até tentaram não seguir o decreto inicialmente, como Ribeirão Claro e Quatiguá, por exemplo, mas foram advertidos pelo Ministério Público e acabaram seguindo a medida do governo do Estado.

Agora, com a flexibilização em todo o Paraná para quarta-feira, o comércio na região já pode reabrir as portas – ainda com algumas restrições, de acordo com decretos de cada prefeitura. 

CONSÓRCIO

Se por um lado há flexibilização de medidas restritivas, por outro as prefeituras da região estão se movimentando para garantir a chegada de mais doses da vacina contra a Covid-19, aderindo ao consórcio nacional idealizado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) para negociar a aquisição do imunizante junto a laboratórios.

São 13 municípios da região que fazem parte do consórcio: Andirá, Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Figueira, Guapirama, Ibaiti, Jacarezinho, Ribeirão do Pinhal, Santana do Itararé, Santo Antônio da Platina e Wenceslau Braz.

A princípio esta é a lista final do consórcio, que reúne mais de 1,7 mil prefeituras de todo o Brasil. Do Paraná são 250 municípios participantes.