“Brasil é um país com 200 milhões de trouxas sendo explorados”, diz Guedes

Durante entrevista, ministro da Economia defendeu privatizações, falou sobre reformas e incentivou a população a investir na Bolsa.

Edital Concursos Brasil


Durante participação no podcast Primocast, na manhã desta terça-feira, 2, o ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu as privatizações de estatais e afirmou que “o Brasil é um país com 200 milhões de trouxas sendo explorados”. A declaração refere-se à atual situação do estado associada à desvalorização da classe média.

Segundo Guedes, o Brasil foi um dos países que mais gastou com educação, porém, sem retorno financeiro. “O Estado gasta muito e gasta mal”, ressaltou. Para o ministro, a venda de estatais seria a única solução para recuperar a máquina pública e angariar recursos. Além disso, as reformas tributária e administrativas também devem ajudar na recuperação econômica do país.

Veja também: Guedes afirma que não deixará o cargo enquanto tiver a confiança de Bolsonaro

Apesar do desejo de privatizar empresas públicas, Guedes deve enfrentar dura oposição em relação aos trâmites futuros. No caso da desestatização da Eletrobras, por exemplo, a medida provisória que trata do tema mal chegou ao Congresso e já recebeu 570 emendas de deputados e senadores que desejam alterar o texto.

Em outras palavras, isso significa que o Planalto certamente enfrentará obstáculos para a aprovar a venda da estatal. Quando questionado sobre o desafio constante em obter aprovação de pautas econômicas no Congresso, Guedes declarou que existem fortes grupos nas empresas (lobbys econômicos), responsáveis por influenciar nas tomadas de decisões.

Por fim, ainda durante a entrevista, Guedes incentivou a participação de brasileiros na bolsa de Valores, no que ele considera gerar uma liberalização cada vez maior da economia.