Arapoti volta a ter equipe no futsal profissional

União Campos Floridos disputará Taça Bronze do Paranaense em 2021 

Da Redação


 Único município paranaense a já ter conquistado um título mundial de futsal, Arapoti volta a ter uma equipe em competições profissionais em 2021.

Ainda que em uma situação bem diferente da vivida nos anos de ouro do esporte na cidade, o União Campos Floridos disputará o Campeonato Paranaense de Futsal Taça Bronze, equivalente à terceira divisão do Estadual da modalidade e tentará recolocar um dos centros mais tradicionais do futsal de “volta ao mapa”.Com apoio da Unopar, da prefeitura de Arapoti e do comércio local, a equipe se prepara para o início da competição, prevista para abril.

A montagem do elenco está praticamente definida e contará com jogadores do próprio município e de cidades como Ventania, Wenceslau Braz e Ourinhos (SP).O técnico será o professor Michael Santos, ex-secretário de Esportes na vizinha Wenceslau Braz e com grande experiência em competições estudantis e campeonatos adultos não federados (onde atletas profissionais participam em períodos de folga nos clubes profissionais onde possuem contrato).Segundo Michael, a expectativa é de fazer uma boa competição e promover uma retomada do futsal profissional em Arapoti.

“O elenco reuniu atletas que já disputaram a competição por outras equipes e muitos jovens talentos da região. A expectativa é alcançar bons resultados e trazer de volta o prazer do povo de Arapoti pelo futsal”.O time tem disputado competições regionais amadores e conquistado bons resultados. Agora, reforçado e com preparo adequado, disputará pela primeira vez um campeonato profissional.A última vez que uma equipe local havia disputado uma competição profissional foi em 2011. 

INPACELÉ impossível falar de futsal em Arapoti e não citar o time da Inpacel, veiculado à fábrica de papel então gerida pelo empresário e político José Eduardo Vieira de Andrade – à época também proprietário do extinto banco Bamerindus.Com investimentos altíssimos, a equipe é considerada por muitos como o melhor time de futsal da história e reuniu, no começo da década de 90, nomes como Manoel Tobias, Vander, Ortiz, Fininho, Danilo, entre outros craques da época, e o técnico Fernando Ferreti, sendo a base da seleção brasileira.Os resultados dentro de quadra foram avassaladores: o time foi campeão paranaense, campeão brasileiro, campeão sulamericano e campeão mundial entre 1992 e 1994, além de recordes de gols e períodos de invencibilidade.Entretanto, o sucesso dentro de quadra não conseguiu manter a equipe e a crise financeira que afetou tanto a Inpacel quanto o Bamerindus levaram ao fim do time.