Presidente da Câmara defende criação de auxílio permanente

Segundo Arthur Lira, nos moldes atuais do Bolsa Família, o beneficiário recebe R$ 190 mensais e vive na clandestinidade. Novo benefício deve ter melhor remuneração.

Capitalist


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), propõe a criação de uma espécie de auxílio permanente para famílias de baixa renda. Sem mencionar detalhes sobre a proposta do benefício, o deputado afirmou em entrevista ao jornal O Globo que o novo auxílio deve ter melhor remuneração que o Bolsa Família, sem as atuais limitações do programa.

Segundo Lira, nos moldes atuais do Bolsa Família, o beneficiário recebe R$ 190 mensais e vive na clandestinidade. Desta forma, o cidadão acaba deixando de ter um emprego para não sair do programa

Outra proposta de Lira é a desvinculação total do orçamento. De acordo com o presidente da Câmara, 96% das despesas do orçamento já são determinadas previamente. Assim, muitos prefeitos e governadores acabam desperdiçando dinheiro para conseguir cumprir com o mínimo constitucional.

“Eu quero desvincular o orçamento. Hoje, você tem orçamento que bota 25% para educação, 30% para saúde, “x” para penitenciárias, vem todo carimbadinho. Então, de 100% do Orçamento, 96% você não pode mexer”, justificou.