Caixa libera indenizações do seguro obrigatório; veja passo a passo para solicitar

Pessoas que foram vítimas de acidentes de trânsito poderão fazer o pedido de indenização direto pelo aplicativo DPVAT Caixa.

Capitalist


Em 2021, a Caixa Econômica Federal passou a ser a gestora dos recursos e pagamentos do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT). Para facilitar o repasse das indenizações do seguro obrigatório, o banco desenvolveu o aplicativo DPVAT.

Desta forma, pessoas que foram vítimas de acidentes de trânsito poderão fazer o pedido de indenização por morte, invalidez ou reembolso de despesas médicas e enviar os documentos necessários para o processo, além de acompanhar o andamento da solicitação direto pelo aplicativo.

O seguro DPVAT é obrigatório, mas excepcionalmente neste ano, os pagamentos estão suspensos. Mesmo assim, a cobertura continua disponível para motoristas, passageiros e pedestres envolvidos em acidentes de trânsito. Confira a seguir quais são os valores das indenizações:

  • R$ 13.500 em caso de morte;
  • Até R$ 13.500 em caso de invalidez permanente, sendo que o valor pode variar de acordo com gravidade da lesão (100% para invalidez total, 75% para perdas de repercussão intensa, 50% para as de média repercussão, e 25% para as de leve repercussão;
  • Até R$ 2.700 de reembolso dos valores referentes a despesas médicas e hospitalares durante o tratamento.

Para solicitar o seguro pelo aplicativo DPVAT, basta fazer o download e em seguida, se cadastrar na plataforma. Vale destacar que usuários de outros apps da Caixa, tais como Caixa Tem, FGTS e Caixa Habitação, podem utilizar a mesma senha de acesso. Depois, clique na opção “Quero solicitar minha indenização DPVAT”, informe os dados do acidente e da vítima, e por fim, envie os documentos solicitados.

Feito o requerimento, é possível verificar o andamento do pedido, saber se existe algum documento pendente e consultar a data de pagamento da indenização. Neste caso, basta selecionar a opção “Acompanhar minha solicitação”.