Informação

Sindicato descarta greve de caminhoneiros na região

Da Redação

Ultima greve foi registrada em maio de 2018
Crédito: Antônio de Picolli

O presidente do Sindicato dos Transportes Rodoviários de Londrina e Região, Carlos Roberto Delarosa, informou que ainda não há nenhum indicativo de greve definido. O  assunto veiculado na mídia, foi anunciado através de um grupo de caminhoneiros autônomos. O movimento, tem pretensão  de realizar paralisações em estradas no dia 1º de fevereiro.

A Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (FETRANSPAR), em entrevista ao Bem Paraná, considera o indicativo de greve como inadequado e impróprio.

A greve, neste momento de pandemia, pode afetar de gravemente a economia brasileira, que já passa por um período de crise. Há de se ver a importância no transporte de vacinas, previsto para acontecer a partir de fevereiro.

A última greve foi registrada em maio de 2018. A categoria reivindicava que o governo federal realizasse corte de impostos para baratear o combustível. Pelo menos 18 estados aderiram ao movimento na época.

Leave a Comment