Política

Nova gestão do TCE-PR quer ampliar ações conjuntas com o Ministério Público

TCEPR


Ampliar a colaboração entre o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) e o Ministério Público Estadual será uma das metas do presidente eleito do órgão, conselheiro Fabio Camargo, como forma de combater o desperdício de recursos públicos. O assunto foi tratado esta semana, com o procurador geral de Justiça, Gilberto Giacoia, durante a entrega do convite para a posse de Camargo, no próximo dia 27, às 15 horas.

O conselheiro destacou o importante papel de defesa do cidadão promovido pelo MP do Paraná e lembrou que já existem convênios entre as duas instituições. Para ele, esses convênios podem ser ampliados e aperfeiçoados, “numa parceria em favor de todos os paranaenses”.

Um dos convênios em vigência prevê a elaboração, pelos técnicos do TCE-PR e do MP Estadual, de um plano de ação com diretrizes técnico-jurídicas voltadas a políticas públicas para a área prisional e penitenciária no Estado do Paraná. “Nossa cooperação técnica deve ser ampliada, uma vez que, em termos gerais, nossas instituições têm um objetivo comum, que é a defesa do cidadão e de seus direitos, especialmente o de ver empregado corretamente o recurso que é fruto do pagamento de impostos”, destacou Camargo.

A solenidade de posse da nova direção do TCE-PR para o biênio 2021-2022, será realizada no próximo dia 27, às 15 horas, de forma presencial e virtual. Também tomarão posse os conselheiros Ivan Bonilha, como vice-presidente; e Fernando Guimarães, como corregedor geral no período.

Deixe um Comentário