Tecnologia

Nova geração de prefeitos deve aproveitar espaço das redes sociais

Recém eleitos mostram intimidade com mídias virtuais e aproveitam chance de expor ações e se manter próximos dos eleitores

 Da Redação 


O uso das redes sociais é cada vez mais comum – e também necessário – no meio político. Perfis ou mesmo páginas de ocupantes de cargos eletivos têm atraído cada vez mais atenção do grande público e, fatalmente, de seus administradores. E a nova geração de prefeitos eleitos na região parece ter entendido bem essa dinâmica e deve apostar no uso de ferramentas digitais para ter uma relação mais próxima com o eleitorado.

Um dos grandes exemplos disso é o prefeito de Jacarezinho, Marcelo Palhares (PSD), que desde a pré-campanha tem se mostrado muito ativo em redes sociais e usou muito bem as plataformas online para se comunicar com a população local.

Empresário, Palhares nunca tinha sido candidato a cargo eletivo e o bom uso das mídias digitais foi fundamental para que o nome caísse no gosto do eleitorado de Jacarezinho e o fizesse vencedor das eleições de novembro.

“O uso das redes sociais é fundamental para qualquer pessoa pública. Apostamos muito nessa questão durante a campanha e agora vamos manter essa linha, até para dar transparência às ações da nossa gestão e ter uma relação de proximidade e diálogo com os moradores de Jacarezinho”, avalia.

Além dos perfis pessoais de Palhares nas redes sociais, a prefeitura de Jacarezinho também mantém uma página atualizada no Facebook, com publicações institucionais diárias. 

Em Siqueira Campos o prefeito Luiz Enrique Germano (PSD) e o vice Paulo Leite (PSL), que começam agora seus primeiros mandatos nos respectivos cargos, também apostam no uso das mídias digitais para “mostrar serviço”. A dupla foi mais uma a usar amplamente essas ferramentas desde a pré-campanha eleitoral com postagens muito bem elaboradas e segue com publicações regulares nos seus perfis, especialmente o vice-prefeito, dono de um grande número de seguidores.

Mais um recém eleito a também já mostrar que utilizará redes sociais é José Lázaro Ferraz, o Dr. Zezinho (Solidariedade), prefeito de São José da Boa Vista. Também dono de publicações com números expressivos de interações e alcance de público, o médico que pela primeira vez ocupa cargo eletivo não foge de temas polêmicos, inclusive, e adota uma linha de postagens francas e diretas. O resultado é uma página que tem feito sucesso no universo digital. 

IMPORTÂNCIA

De acordo com a especialista em estratégia digital e social mídia política, Lia Coutinho, que atua em uma agência de comunicação de Curitiba, o uso das redes sociais se tornou quase que obrigatório no mundo político.

“Hoje as redes sociais são um instrumento imprescindível na comunicação política. Não existe pensar em comunicação política sem pensar em uma estratégia de redes sociais. É ali que o político vai humanizar a comunicação, vai construir sua imagem e reafirmar sua personalidade política”, explica.

“Na rede social estão todas as discussões do mundo moderno, lá se desenrola as dúvidas e dores dos cidadãos e quando o político se atenta para isso, humaniza sua comunicação e se aproxima da população, em conversas diretas, trocas de informações, demonstração de interesse pelos problemas sociais, que acabam cativando o eleitorado e tornando isso um fator decisório.

Com a rede social o cidadão se sente próximo do prefeito, entende que por ali tem um canal de comunicação direto”, completa a publicitária. 

Deixe um Comentário