Santo Antônio da Platina

Mineiro afirma que não haverá oposição sistemática na Câmara

Vereador do DEM assumiu, no dia 1º deste mês, a presidência do Legislativo de Santo Antônio da Platina

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Veterano na Câmara de Vereadores, Mineiro agora é presidente do legislativo de Santo Antônio da Platina
Crédito: ANTÔNIO DE PICOLLI

Da Redação


Em uma visita de cortesia à redação da Tribuna do Vale, o vereador José Jaime Paula da Silva (DEM), o Mineiro, como é mais conhecido, fez questão de deixar claro, logo no início de sua entrevista, que o fato de pertencer ao grupo político de oposição ao prefeito de Santo Antônio da Platina, José da Silva Coelho Neto (Podemos), o Professor Zezão, não significa que o Legislativo vai atuar como oposição sistemática, a exemplo do que comumente ocorre no país.

“Na legislatura passada nosso grupo tinha maioria (cinco vereadores contra quatro que apoiavam o Executivo) e nem por isso exercemos oposição sistemática. Todos os projetos em benefício da população platinense foram aprovados”, lembra, acrescentando que o papel fiscalizador do Legislativo muitas vezes é confundido como oposição.

Ele observa que, muitas vezes, projetos que o prefeito considera como urgentes acabavam sendo devolvidos ao Executivo por falta de documentos ou informações. “Esse é o nosso papel enquanto legisladores. Jamais votaremos projetos que apresentem qualquer problema, seja de documentação, ou de erros em sua execução. Nessas horas, éramos acusados de boicotar as iniciativas do prefeito”, explica.

Eleição

A eleição para a escolha dos membros da Mesa Diretora teve três candidatos, o próprio Mineiro, que foi eleito com cinco dos nove votos,  Luciano de Almeida Moraes, o Vermelho (PTB), que obteve três votos e, Gilton Fagundes, mais conhecido como locutor Eduardo Ferreira (Podemos), que obteve apenas seu próprio voto. O resultado mostra que a própria suposta base do prefeito Zezão está fragmentada.

Além de Mineiro, na presidência, a Mesa Diretora é composta por Rudinei Esteves, o Rudi (MDB), vice; 1ª Secretaria, Francielle de Moraes Macedo, a Fran do Salão (PSD); e, 2ª Secretaria, Odemir Jacob, o Breno Carburador (PSD).

Comissões

As comissões legislativas, órgãos internos da Câmara responsáveis pelas análises técnicas e jurídicas dos projetos encaminhados para apreciação legislativa são, também, majoritariamente ocupados por vereadores que não fazem parte da base do prefeito Zezão, antevendo uma relação difícil com o Legislativo, principalmente a continuar a inabilidade política observada no primeiro mandato do gestor. 

Deixe um Comentário