Meio Ambiente, Santo Antônio da Platina

Grupo faz limpeza de lago em Santo Antônio

Mobilização visa conscientizar a população e pedir ao poder público melhorias no local, como roçagem e iluminação pública

Da Redação

Lago que deveria ser um atrativo de lazer, se tornou um verdadeiro depósito de lixo a céu aberto

Inconformados com a sujeira no lago do Residencial Roberto Rennó, em Santo Antônio da Platina, um grupo de amigos se mobilizou para fazer a limpeza do local como voluntários. O lago que deveria ser um atrativo de lazer, se tornou um verdadeiro depósito de lixo a céu aberto.

O problema que não é de hoje, se repete com frequência, mas se agravou com a chegada do verão. Segundo um dos membros do grupo, alguns visitantes do lago não levam o lixo embora, não colaborando com a preservação do local.

Grupo retirou grande quantidade de isopor de construção civil da água
CRÉDITO: Marcos Almeida

Para piorar, o lago não tem lixeiras disponíveis no seu entorno, o mato está alto e a falta de iluminação pública no período noturno é mais uma das preocupações dos moradores.

“Tiramos uma grande quantidade de isopor de construção civil da água. Moro nas proximidades, fiz uma postagem no meu Facebook sobre o assunto porque estamos cansados de ver o local depredado. O nosso intuito é apenas conscientizar de que na cidade usufruímos de poucos lugares de lazer, e que poderíamos manter arrumado os poucos que temos”, declara um dos membros.

A ação de limpeza teve a participação do artista plástico e administrador da página Explorando o Norte Pioneiro Marco Antônio, do esportista Cristiano Machado e Alex Gonzaga.

Leave a Comment