Economia

Pesquisa mostra alta de até 42% em produtos natalinos este ano

Apenas panetone de frutas e molho de tomate ficaram mais baratos
Salão do Panetone 2018, realizado pela Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), em São Paulo.

Agência Brasil


Pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) mostra que os preços dos produtos mais consumidos na ceia de natal subiram até 42% em comparação aos do mesmo período do ano passado.

O item que mais encareceu foi o lombo de porco, que está com preço 42,12% mais alto do que em 2019. Depois do lombo, os produtos com altas mais expressivas foram o pernil (+32,8%), o peru (+29,2%), a picanha (+25,4%), o queijo ralado (+23,6%) e o sorvete (+21,5%).

Também tiveram aumento significativo os preços da azeitona verde com caroço (+21,6%), o macarrão espaguete (+20%), e o chester (+18,3%).

Dos 26 itens que compõem a lista dos produtos mais procurados para a ceia de natal, apenas dois ficaram mais baratos: panetone de frutas cristalizadas (-2,1%) e molho de tomate (-2%).

Deixe um Comentário