Neste sábado acontece a terceira apresentação do 19º Natal de Luz

Com o tema: “Reviver” o espetáculo está sendo apresentado através do Youtube e Facebook da Paróquia Santo Antônio de Pádua

Fábio Galhardi

Depois de 18 anos se apresentando das janelas do Centro Pastoral ‘Frei Clemente Vendramin’, as crianças e adolescentes da Escola Spaço, Arte & Música e do Grupo de Cantos Sementinhas, convivem com uma novidade este ano, que é cantar as melodias natalinas do tradicional espetáculo, em versão online, pelas páginas do Facebook e do Youtube da Paróquia Santo Antônio de Pádua. As duas primeiras apresentações foram dias 12 e 13, e, as datas seguintes serão: 19 (sábado), 20 (domingo) e dia 24 (quinta-feira), véspera do Natal.

O Natal de Luz completa este ano, 19 anos de apresentações ininterruptas. Mas, devido à pandemia do coronavírus (Covid-19), os trabalhos foram atrasados e, os ensaios, puderam se realizar a partir de setembro, nas quartas e sextas-feiras.

Nos outros anos o horário era das 22h às 23h. Este ano, ocorre às 19h com duração de apenas 20min, antecedendo as celebrações de Missas na Igreja Matriz da Paróquia Santo Antônio de Pádua, a central da Cidade. A apresentação foi gravada, mas, colocada na programação ao vivo dos endereços eletrônicos da Paróquia. Foram selecionadas 25 músicas já cantadas no decorrer dos 18 anos do Natal de Luz. Em cada noite, são apresentadas cinco músicas através de 45 crianças e adolescentes, respeitando o distanciamento social.

Segundo uma das organizadoras, Neuzeli França Ribeiro Cesar, “o novo formato, aliás, inédito, em razão da pandemia, traz músicas diferentes em cada noite, abrilhantando o evento que acontece há 18 anos”. Marly Prado Papi Crespo, que também é coordenadora do Natal de Luz, ressaltou que “as melodias foram selecionadas com muito carinho e, os ensaios, respeitando todos os protocolos de saúde, assim como as duas apresentações foram cercadas de muito carinho”.

A linha de frente do espetáculo conta ainda com Henrique Marques, responsável pelo financeiro; Francisco Nivaldo Marques, assessor de infraestrutura; o Pároco José Antônio Pereira de Campos; e; fotos e filmagens; Henrique Glovacki.

Patrocinam e apoiam o evento deste ano as empresas: Construcasa Bordignon, Extimpel, Samp Fiat e Schmidt Motos Honda; e, Sicredi, além da participação da Paróquia Santo Antônio de Pádua. “Somos gratas para com as empresas que sempre acreditam e confiam em nosso trabalho e não medem esforços de estarem conosco patrocinando o Natal de Luz que é do povo”, destacaram as organizadoras Marly e Neuzeli. Este ano o evento natalino não contou com o patrocínio da Prefeitura.

“O formato é inédito, mas a dedicação é a mesma e o amor continua sem medidas. São 18 anos desde o primeiro Natal de Luz e ficamos felizes pela não interrupção das apresentações”, disse Marli.

Mesmo as apresentações acontecendo no interior da Igreja Matriz central do Município, contam com alguns adereços adequando-se ao novo formato do espetáculo Natal de Luz. “Pais, voluntários e amigos nos apoiam e ajudam na limpeza, separação de adereços e organização das roupas”, destacou Neuzeli.

As duas primeiras apresentações foram bem aceitas pela comunidade que acompanhou o novo formato que propiciou chegar aos lares ou onde cada pessoa está, através do celular, computador, tablete. Também destaque para as roupas, iluminação, enfim, um espetáculo de duas faces: cantos e adereços.

Outra novidade é que no dia 12 as luzes natalinas foram acesas no prédio do Centro Pastoral Catequético ao lado da Igreja Matriz central e, nas janelas, imagens das crianças. E, no dia 14, as músicas entoadas ao longo destes 19 anos estão sendo tocadas no prédio e podem ser acompanhadas por quem passa por ali.