Infraestrutura

Movimento realiza manifestação por asfalto entre Ibaiti e Pinhal

Evento está marcado para segunda-feira, 21, das 6h às 18h no trevo de acesso à PR-436

Organizadores acreditam que a pavimentação beneficiará cerca de 80 mil pessoas
CRÉDITO: Reprodução

Da Redação


Cansados do descaso do Poder Público, populares de Ibaiti e Ribeirão do Pinhal estão organizando uma manifestação pacífica na próxima segunda-feira, 21, das 6h às 18h, no trevo de acesso à PR-436, pedindo a pavimentação da rodovia estadual entre os dois municípios. A reivindicação, segundo os organizadores, se arrasta há décadas, e agora tem ganhado força nas redes sociais, através do movimento popular #VAMOSSOMARJUNTOS.

A rodovia PR-436 é a única da região que não possui pavimentação. Com cerca de 58 quilômetros de extensão, os usuários sofrem todo tipo de dificuldade pela situação irregular do piso, coberto por cascalho.

Em dias chuvosos a situação se agrava, pois, há pontos de alagamento, que interferem no transporte de passageiros, descolamento de moradores das margens da estrada e escoamento da produção agropecuária e industrial, principalmente os fabricantes de produtos de cerâmica instalados no Distrito da Triolândia, em Ribeirão do Pinhal.

Lideranças do movimento afirmam que, pelo menos, 80 mil pessoas seriam beneficiadas com a pavimentação do trecho.

ATENÇÃO – Segundo os organizadores, o trânsito será desviado pela PR-436, caso o usuário não queira seguir viagem, não será impedido de voltar. Será permitida a passagem de veículos com carga viva, ambulâncias, viaturas e funcionários da Saúde devidamente identificados.

MEDIDAS DE SEGURANÇA – Haverá sinalização de trânsito a 2 mil metros de distância antes do local de bloqueio, informando os motoristas da interdição da rodovia. Os organizadores também irão realizar a distribuição de máscaras e álcool em gel.

A equipe organizadora estará devidamente identificada e prestará suporte aos usuários da BR-153 e também aos manifestantes. É obrigatório o uso de máscaras para participar do ato. Veículos pequenos estarão estacionados ao longo da rodovia e veículos pesados vão estar sendo utilizados para bloquear a via. Estará proibido o uso de bebida alcóolica no local, bem como qualquer tipo de dano ao patrimônio público e aglomerações em grupos maiores de 10 pessoas.

DÉCADAS DE REIVINDICAÇÃO – Em 2011, a comunidade já se reuniu pelo mesmo objetivo, mas não tiveram êxito em suas manifestações. Na época, houve adesão dos comerciantes, abaixo-assinado.

Na década de 80 não foi diferente, a sociedade se organizou da mesma forma para pedir pelo asfaltamento da BR-153, no trecho de aproximadamente de 50 quilômetros, entre Ibaiti e Ventania.

Deixe um Comentário