COVID-19

Novo decreto prorroga medidas de enfrentamento à Covid-19 no município

Ações serão fiscalizadas com mais rigor e infratores poderão responder por processo na justiça

Ataíde Cuqui


O prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche, através do Decreto Municipal 2068/20, desta terça-feira, 15 de dezembro, reitera a adoção das medidas de prevenção e enfrentamento ao contágio pelo novo coronavírus no âmbito do município. O Decreto reforça as medidas já estabelecidas e ainda impõe mais rigor sobre o descumprimento dos procedimentos determinados pela administração pública.

“Estamos publicando esse novo decreto já que o anterior tinha validade de 14 dias. Para maior segurança da população, resolvemos estendê-lo até o final do ano para que possamos ter mais controle sobre a doença no município”, explicou o prefeito, depois de reunir-se na segunda-feira com membros da comunidade, lideranças religiosas e o comando da Polícia Militar.

“Muita gente não se conscientizou do perigo do contágio”.

Disse que o município está dobrando o número de fiscais por parte da prefeitura e da Polícia Militar que, através de seu comando, vai endurecer suas ações de fiscalização para o cumprimento do que foi determinado. Para ele, muita gente ainda não se conscientizou do perigo do contágio e segue desrespeitando as determinações recomendadas.

“Acham que isso é uma brincadeira. Apesar de tudo que se tem divulgado sobre a doença, com hospitais lotados em todo o estado, seguem caminhando sem máscaras e não guardando o distanciamento recomendado, como se nada estivesse acontecendo. Já que não entendem por bem, vamos ter de cobrar com maior rigor. E os que não cumprirem poderão até ter que responder na justiça por termo circunstanciado”, alertou.

Na reunião, aproveitou para pedir às lideranças religiosas para que suas igrejas intensifiquem o cumprimento dos decretos estadual e municipal que proíbem atividades com aglomeração de pessoas. “Em alguns casos, algumas não estão respeitando o número máximo de pessoas no interior de seus templos. Transmitimos a eles este apelo para que cumpram os decretos”, disse Hannouche.

Amin: Novo decreto impõe novas medidas e transgressões podem resultar em termo circunstanciado

Leave a Comment