Santo Antônio da Platina

Polícia Civil alerta sobre golpe do WhatsApp clonado

Orientação da delegacia regional quer reduzir o número de vítimas na região

Delegacia de Polícia Civil de Santo Antônio da Platina
CRÉDITO: Tribuna do Vale

Da Redação


A 38º Delegacia de Polícia de Santo Antônio da Platina, faz um alerta para a população sobre os golpes virtuais praticados durante o período de pandemia do coronavírus. Entre os crimes mais praticados está o golpe do WhatsApp clonado.

Como as pessoas estão mais reclusas em virtude do isolamento social, aumentando o acesso aos conteúdos virtuais, a internet se tornou um terreno fértil para aplicação de golpes.

Neste golpe, os criminosos conseguem ativar, em outros aparelhos de celular, a conta de WhatsApp da vítima, que para de funcionar. Por meio dessa ativação, os criminosos conseguem recuperar as conversas existentes no histórico do aplicativo WhatsApp.

Para aplicar o golpe, os golpistas se utilizam de sites de compra e venda de produtos na internet, como OLX e Mercado Livre, por exemplo. Ao terem acesso ao anúncio, e os números de telefones das vítimas, os autores se passam por funcionários desses sites e se passam por funcionários desses sites e solicitam um código para ativar o anúncio. Na verdade, esse código é uma verificação do WhatsApp dele.

Sendo assim, o código de verificação para habilitar o WhatsApp foi para o celular da vítima. Assim que ele digitar os seis números do código, que a vítima forneceu, ele instala a conta do WhatsApp da vítima no WhatsApp dele, e a vítima perde o acesso ao aplicativo. Com a clonagem efetuada, os criminosos acessam os contatos da vítima para cometer o crime de estelionato, solicitando dinheiro a parentes e amigos da pessoa. 

Com isso, fica o alerta para que não repasse nenhuma informação antes de verificar de fato se a mensagem ou a ligação é confiável.

Desta forma, a delegacia orienta a nunca passar senhas ou dados de cartão por telefone, desconfiar de perfis falsos, não acessar links duvidosos ou propagandas com ofertas vantajosas, não fazer empréstimos e não enviar fotos para perfis que não conheça.

COMO AGIR – Caso tenha sido vítima do golpe, a delegacia orienta:

– Solicitar a verificação de sua conta, via SMS. Basta desinstalar o aplicativo e em seguida instalar novamente;

– Notifique o WhatsApp via email: [email protected]. Indicando no assunto a clonagem da conta;

– Divulgue amplamente entre seus contatos e oriente a não responder, nem enviar dados, dinheiro ou qualquer informação relevante;

– Por segurança, habilite a “confirmação em duas etapas” no próprio aplicativo e não compartilhe o código verificador de seis dígitos (SMS) em hipótese alguma. 

Leave a Comment