Cornélio Procópio coronavírus

Prefeitura de Cornélio Procópio decreta novas medidas restritivas para realização de eventos

Decreto determina a proibição de encontros que envolvem o contato físico entre as pessoas

Ataíde Cuqui- Cornélio Procópio

O Prefeito de Cornélio Procópio Amin Hannouche, assinou nesta segunda-feira (30) o Decreto n° 2025/20 , que regulamenta as novas medidas de combate à Covid-19 no município. A determinação está alinhada ao enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus.

Dentre as medidas estão novas regras de restrições para o setor de entretenimento com a proibição quanto à realização de atividades sociais como bailes; festas com música ao vivo, ou qualquer outra que envolva a dança ou contato físico. Pelo novo decreto, essas atividades ficam proibidas por 14 dias, bem como, outros eventos sociais como casamentos, festas infantis e formaturas, entre outros.

Entre as justificativas está a necessidade de resguardar ao máximo a integridade física e a saúde da população. “Temos notado que muitas festas estão acontecendo. Festas grandes, com muita gente. E as pessoas têm que ter mais responsabilidade com esses tipos de evento”, disse a vice-prefeita Angélica Olchaneski.
O descumprimento às normas estabelecidas, segundo ela, acontece mais por parte das pessoas que organizam esses eventos. “Recentemente, nossa equipe recebeu uma denúncia sobre a realização de uma dessas festas. Foi até lá, pediu para que não fosse realizada, mesmo assim, acabou acontecendo e recebendo elevado número de pessoas. Isto também tem acontecido na zona rural com o envolvimento de duzentas ou trezentas pessoas. Uma irresponsabilidade que pode causar danos irreversíveis”, alerta.


O novo decreto veio justamente para regrar essa situação já com vistas ao período natalino quando o comércio começa a funcionar também no período noturno. “Temos que estar preparados para chegarmos ao Natal e Anovo Novo com um pouco mais de suavidade que é o que não estamos tendo agora. Se continuar da maneira como está, com realização de festas paralelas, o prejuízo será enorme lá na frente”, cometa a vice-prefeita,
enfatizando que o poder público vem tomando todas as medidas cabíveis desde o início da pandemia.


O novo decreto não prevê mudanças nas regras já estabelecidas para o funcionamento do comércio. A fiscalização, nesse período, entretanto será intensificada, principalmente sobre os procedimentos já orientados,
como limitação quanto ao número de pessoas; distanciamento social e a obrigatoriedade do uso de máscaras. “A fiscalização tem feito mais um trabalho que orienta e alimenta a esperança de que as pessoas entendam a gravidade da situação. Todos têm que se conscientizar do que está acontecendo”, conclui.

Leave a Comment