Economia

Outubro tem crescimento dos postos de emprego na região

Municípios com maior número de empregos com carteira assinada tiveram saldo positivo, de acordo com dados do Novo Caged

Comércio de Santo Antônio é o que mais gera empregos formais na região
Foto: Antônio de Picolli

Da Redação


Os cinco municípios com maior número de postos formais de trabalho na região da Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) fecharam outubro com saldo positivo na criação de novas vagas de emprego, segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na última semana pelo Ministério do Trabalho.

Jacarezinho, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos, Ibaiti e Cambará apresentaram todos saldos positivos, resultado de um número de contratações superior ao de desligamentos – levando em consideração postos formais, ou seja, com carteira assinada.

Jacarezinho segue como o município da micro região que mais tem empregos formais, muito      graças ao setor industrial, que por sua vez tem forte influência das usinas. Em outubro a variação foi tímida, porém positiva, com saldo de 15 vagas, com 191 admissões e 176 desligamentos. Ao fim do mês o município totaliza 9.433 postos de trabalho.

Santo Antônio da Platina, dono do comércio que mais emprega na micro região e que tem no segmento o principal setor empregatício local,teve um outubro com saldo positivo de 79 vagas, após registrar 259 admissões contra 180 desligamentos. Com a variação o município tem agora 8.709 postos de emprego.

Siqueira Campos está em terceiro no ranking geral, mas tem o setor industrial que mais gera empregos em toda a região. Em outubro o saldo foi positivo de 75, após o registro de 240 contratações e 165 demissões. No total o município tem 6.255 vagas de emprego com carteira assinada.
Em Ibaiti, onde o setor de serviços é o que gera mais empregos formais, o saldo foi de 123, com 300 contratações e 177 demissões. Assim o município chegou ao fim de outubro com o total de 5.486 trabalhadores devidamente empregados.

Fecha a lista Cambará, mais um município que tem nas indústrias o principal propulsor econômico, teve números tímidos em outubro, porém positivos. O saldo de 15 vagas é resultado das 102 admissões e 87 desligamentos. Ao fim do mês o Ministério do Trabalho aponta a existência de 5.139 postos de trabalho.

OUTROS MUNICÍPIOS
Nos outros 20 municípios da região os resultados tiveram em sua maioria variações positivas, porém com números tímidos. As exceções ficam em Andirá, Conselheiro Mairinck e Figueira, onde o saldo foi negativo, e Abatiá, Barra do Jacaré e São José da Boa Vista, que tiveram saldo zero, ou seja, registraram o mesmo número de admissões e de desligamentos.

Deixe um Comentário