Cornélio Procópio

Casos de contaminação pela Covid-19 aumentam e o prefeito Amin Hannouche faz apelo à população

Recomendações pedem reforço nas medidas de prevenção contra a doença

Amin: reforçar as medidas de segurança para segurar a evolução da doença

Ataíde Cuqui


Em companhia de sua vice-prefeita, Angélica Olchaneski, e de dirigentes da Secretaria Municipal de Saúde, o prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche, usou as redes sociais  na tarde desta quinta-feira para um apelo:  reforçar à população as orientações no sentido de seguir mantendo as regras de segurança para evitar uma propagação maior da doença que tem aumentado nos últimos dias.

No vídeo gravado na frente  do hospital de referência no tratamento da doença,   Casa de Saúde Dr. João Lima, Amin reforça o pedido de colaboração para a população para que se cuide, seguindo as recomendações como medidas de segurança. “A situação está tomando rumos não desejados com muitas pessoas positivadas no município, algumas internadas aqui no hospital. Precisamos manter um cuidado especial: o da prevenção”, disse  Hannouche.

Reforçou a necessidade de todos tomarem as devidas precauções com os cuidados básicos para evitar o contágio. “faço aqui um apelo em meu nome e de toda nossa equipe para que colaborem conosco. Vamos apertar os cuidados, usar máscara, lavar sempre as mãos, usar o álcool em gel e manter o distanciamento. Daí, as coisas vão melhorando. Vamos, também, evitar  participar de eventos que tenham aglomeração de pessoas. É isso que eu peço. Colaborem conosco”, apelou.

Sua preocupação se estende com as comemorações de fim de ano. “Estamos a mês do Natal. Todo mundo quer se confraternizar, abraçar seus entes queridos, mas, para que possamos fazer isto, temos que intensificar a fiscalização, colaborar com o poder público e, daí, estará tudo bem”, encerrou. Além da vice-prefeita, estiveram com ele, a secretária municipal de Saúde, Graziela Andrade; e os diretores dos departamentos de Vigilância Sanitária e Epidemiologia, respectivamente, Elizeo Rocha e Yago Pereira.

Situação da doença

O Boletim Epidemiológico divulgado na tarde desta quinta-feira aponta uma evolução nos casos confirmados com a doença no município. São 791 casos confirmados, contra 777 do dia anterior. 08 pacientes se encontram internados no hospital, três deles na UTI e outros  cinco em enfermaria. 175 pessoas seguem em isolamento domiciliar. Os óbitos no município somam 23 casos, com um suspeito. 177 casos estão sob investigação.

Deixe um Comentário