Jacarezinho

“Precisamos proteger as pessoas sem punir os comerciantes”, afirma Palhares

Prefeito eleito em Jacarezinho, Marcelo Palhares, diz ser totalmente contra o lockdown e sim a favor da ampliação dos protocolos de segurança


Palhares quer combate ao vírus sem afetar postos de emprego e geração de renda

DA ASSESSORIA

O prefeito eleito em Jacarezinho, Marcelo Palhares (PSD), se posicionou contrário à possibilidade de lockdown no município por conta da Covid-19 por entender que é necessário aumentar e ampliar os protocolos de segurança, mas sem punir e prejudicar diretamente toda a economia do município.
“Precisamos proteger as pessoas sem punir os comerciantes. Não podemos aceitar uma medida que vai gerar tanto desemprego, que vai deixar famílias inteiras sem a possibilidade do ganha pão. Então eu entendo que precisamos aumentar e ampliar todos os protocolos de segurança para reduzir o avanço da doença”, explica Palhares.
“Temos que aumentar ainda mais a testagem de pessoas. Deu positivo? Isola. Precisamos levantar quem teve contato com quem está positivo e já testar, mesmo que esteja assintomático. Hoje grande parte da transmissão acontece a partir dos casos assintomáticos, então o município precisa ter um diagnóstico muito mais completo ao invés de simplesmente punir quem quer e quem precisa trabalhar”, continua.
A fala do prefeito eleito de Jacarezinho já é uma prova que a nova gestão municipal não ficará “em cima do muro” em temas polêmicos. Ao contrário, será um governo de ação, pautado nos alicerces da campanha eleitoral que elegeram Marcelo Palhares, que são atração de emprego e renda e melhoria no sistema de saúde.
“Vamos ter gestão ativa, e não reativa. Mas com ações que sejam efetivas e não prejudiquem milhares de pessoas. Sou contra restrições de horários, inclusive, desde que com o cumprimento rígido de todos os protocolos de segurança. Se for o caso aumentamos a fiscalização, mas repito, sem prejudicar quem trabalha”, finaliza Marcelo Palhares.

Deixe um Comentário