Covid-19 Santo Antônio da Platina

Com mais 17 casos, Santo Antônio chega a 516 infectados

Luiz Guilherme Bannwart – Tá no Site


O município de Santo Antônio da Platina atingiu nesta quarta-feira (18) a marca de 516 casos positivos de Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, 106 moradores estão ativos com a doença (três internados), 294 são investigados e 11 morreram por complicações do novo coronavírus na cidade. O número de recuperados totaliza 399.

A morte mais recente foi registrada na madrugada desta quarta-feira. Trata-se de um paciente de 63 anos, com comorbidades, que estava internado no Hospital Regional do Norte Pioneiro. Ele foi sepultado no início da tarde no Cemitério Municipal São João Batista.

Logo após a confirmação da décima primeira morte por complicações da doença no município, o Ministério Público Estadual (MPPR) convocou uma reunião com os membros do Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde da Covid-19 para discutir medidas de enfrentamento à nova onda de coronavírus na cidade.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Gislaine Galvão, apesar do crescimento exponencial no número de casos ativos e suspeitos, a cidade continua com indicador amarelo, o que garante, por ora, a manutenção dos horários de funcionamento do comércio. Entretanto, a fiscalização para evitar aglomerações de pessoas será intensificada pela prefeitura.

“O problema ocorre nos eventos particulares, onde há grande concentração de jovens sem máscaras, descumprindo as medidas sanitárias e de distanciamento social. Somente no último fim de semana foram feitas três autuações em festas particulares. Quanto aos horários de funcionamento do comércio nada muda por enquanto, pois estão sendo obedecidos os critérios do decreto. Contudo, havendo necessidade novas medidas restritivas serão anunciadas”, explica a secretária.

Gislaine conclui dizendo que a Secretaria Municipal de Saúde trabalha junto à 19ª Regional de Saúde de Jacarezinho e com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) para estabelecer critérios para o enfrentamento da nova onda da doença na cidade, salientando que a população pode e deve colaborar denunciando locais com aglomerações de pessoas por meio do contato (43) 98455-1506.

Deixe um Comentário