Santo Antônio da Platina

Casos suspeitos ‘explodem’ em Santo Antônio da Platina e chegam a 110

NOVA ONDA
Número de pacientes infectados também cresce; Secretaria de Saúde monitora surto da doença em empresa

Tá no Site


O número de casos suspeitos de Covid-19 ‘explodiram’ nas últimas 24 horas em Santo Antônio da Platina, e podem resultar, caso sejam confirmados pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), em uma nova onda da doença na cidade. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado no fim da tarde desta terça-feira (10) pela Secretaria Municipal de Saúde, 110 casos suspeitos são investigados e 37 moradores estão infectados pelo novo coronavírus, um deles hospitalizado. A Secretaria Municipal de Saúde monitora um surto da doença em uma empresa no município que emprega grande número de funcionários.

De acordo com o informe, o município contabiliza 414 casos da doença, dos quais 367 moradores infectados já se recuperaram do vírus. Até o momento, 10 pessoas morreram por complicações da Covid-19 na cidade.

Conforme uma fonte, 40 funcionários de uma grande empresa sediada na cidade teriam testado positivo para o novo coronavírus nas últimas 24 horas, cujos exames teriam sido feitos em um laboratório particular e os resultados ainda não teriam sido contabilizados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Procurada pela reportagem, a secretária municipal de Saúde, Gislaine Galvão, informou que a secretaria ainda não foi comunicada sobre os supostos 40 novos casos positivos doença, porém, confirmou que há um surto de Covid-19 na referida empresa, uma das que mais empregam na cidade.

A secretária disse ainda, que nesta quarta-feira (11) haverá uma reunião com a direção da empresa em questão e representantes da 19ª Regional de Saúde para avaliarem a necessidade de medidas emergenciais para evitar nova disseminação da doença, salientando, porém, que, apesar dos números preocupantes do último boletim epidemiológico, o município está classificado como bandeira amarela, o que significa estabilidade dos casos de Covid-19 na avaliação dos organismos de saúde.

Gislaine conclui dizendo que a fiscalização na cidade continua sendo feita pela prefeitura, e que em caso de descumprimento das regras estão sendo aplicadas as penalidades estabelecidas pelo decreto municipal editado para o enfrentamento do novo coronavírus.

Deixe um Comentário