Jacarezinho

Setti abandona a própria campanha para atacar Marcelo Palhares

Ex-deputado não respeita nem o momento dramático do adversário, que acompanha tratamento do pai
Felipe Salvador Palhares em Londrina

Da Redação

Obcecado, Luiz Setti deixa de fazer campanha para atacar Marcelo Palhares

Eleitores de Jacarezinho estão estranhando a postura do candidato a prefeito Luiz Antônio Setti (PSL), que há alguns dias “abandonou” a própria campanha para se dedicar a atacar um dos adversários, Marcelo Palhares (PSD). 

As últimas postagens de Setti em redes sociais mostram a obsessão do ex-deputado em atacar o adversário. São diversas publicações exclusivamente direcionadas a Palhares, inclusive com acusações que já foram consideradas falsas pela própria justiça. 

Setti praticamente abdicou de apresentar propostas para se dedicar aos ataques – o que deixa claro que a intenção do candidato é desconstruir a imagem do adversário e não construir a própria imagem junto aos eleitores.

Setti não respeita nem o momento dramático que Palhares está vivendo, inclusive dando uma pausa na campanha, para acompanhar o pai, …., vítima de um enfarto, que está hospitalizado em Londrina.  

MOTIVAÇÃO
Com intenção de voto irrisória na pesquisa registrada sobre a preferência do eleitorado de Jacarezinho, muito se discute qual a motivação de Setti para tantos ataques direcionados a Palhares, que lidera a corrida pela prefeitura. 

Como todas as publicações e falas recentes de Setti são destinados exclusivamente a Palhares questiona-se o interesse do ex-deputado na tentativa de desqualificar a imagem do adversário que aparece em primeiro. 

Em uma postagem recente, Setti diz “preferir uma candidata impugnada”, em referência a Tina Toneti (PT), que está em segundo lugar na pesquisa e teve o pedido de registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral por ser e quadrada na Lei do Ficha Limpa. A frase pode mostrar um acordo de agressões orquestradas a Palhares, que também sofre ataques de out ros grup os políticos. 

Sem perspectiva de vitória, Setti pode estar se aliando  outros candidatos para realizar os ataques em acordo por apoios futuros e a possibilidade de manutenção na vida pública. 

Vale lembrar que Setti foi deputado por duas vezes entre o fim da década de 80 e começo da década de 90, se aposentando como ex-parlamentar aos 42 anos de idade. Após a derrota na tentativa da terceira eleição, o candidato fechou o hospital que mantinha no município e foi embora de Jacarezinho.  Desde então foram raríssimas as apari ç ões em Jacarezinho – o que é seguidamente citado por críticos em redes sociais. 

CONTRADIÇÃO
Outro ponto que é alvo de fortes criticas foi a aproximação de Setti com o atual prefeito de Jacarezinho, Sérgio Eduardo de Farias, o Dr. Sergio (DEM). Isso porque até dois meses atrás o ex-deputado tecia fortes criticas à gestão municipal, não poupando ironias e acusações contra o chefe do Executivo de Jacarezinho. 

Recentemente, porém, Dr. Sérgio manifestou apoio público à candidatura de Setti e os adversários ferrenhos até então se tornaram aliados.

Deixe um Comentário