Jacarezinho

Após redução salarial, médicos da prefeitura ameaçam parar

Entendendo como desrespeito a atitude do prefeito e também médico Sérgio Faria, profissionais ameaçam buscar a justiça

Posto de saúde da Vila São Pedro: unidades sob risco de colapso por falta de médicos

Da Redação




Médicos que atuam nas unidades municipais de saúde de Jacarezinho ameaçam fazer greve após uma redução salarial formalizada na semana passada pelo Poder Executivo. São 10 profissionais que entraram em contato com a reportagem da Tribuna do Vale para relatar a situação, que pode resultar no caos completo na saúde pública do município caso a paralisação se concretize.

Segundo os relatos, o grupo de médicos já procurou um advogado para ter uma avaliação legal do panorama. Caso a falta de diálogo com a prefeitura (que é outro problema citado) permaneça, a promessa é de greve e um pedido coletivo de demissão. 

A redução salarial é fruto de uma determinação do Tribunal de Contas do Paraná (TCE/PR) que afirma que servidores municipais não podem ter vencimentos superiores ao subsídio do prefeito. Como em Jacarezinho o salário do chefe do Executivo é inferior ao piso dos médicos, existe essa diferença a ais que contraria a lei. 

“A falta de bom senso pode colocar em risco a saúde de Jacarezinho e assusta os candidatos a prefeito que assumiriam a saúde com desfalque de 10 médicos”, pontua um dos profissionais envolvidos na queixa. 

Vale o contexto que vive Jacarezinho no momento, com números crescentes nos casos de Covid-19 e um serviço muito criticado que é prestado no Pronto Socorro da Santa Casa de Misericórdia, que tem gestão própria mas com subvenção do município. 

Neste cenário, o desfalque de 10 médicos poderia resultar em um colapso total do sistema de saúde pública de Jacarezinho em questão de pouquíssimos dias. 

A reportagem da Tribuna do Vale ainda tentou contato com o prefeito de Jacarezinho, Sérgio Eduardo de Farias, o Dr. Sergio (DEM), que coincidentemente também é médico, mas não houve retorno nas ligações. 

 

Deixe um Comentário