Policial

Presos acusados de matar taxista em Ventania

Prisão ocorreu em Mato Grosso do Sul após ação integrada entre a PRF e a Polícia Civil

Da Redação


Dois acusados do assassinato de um taxista de Ventania há duas semanas foram presos nesta terça-feira (27) por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Mato Grosso. A prisão ocorreu no KM 129 da BR 267, município de Nova Andradina (MS), enquanto os dois acusados se deslocavam no veículo de um dos presos.

Os dois elementos tiveram sua prisão decretada pela Justiça do Paraná em 16 de Outubro de 2020 e desde então se encontravam foragidos. Eles são acusados de terem envolvimento na morte de um taxista no município de Ventania, ocorrido no início deste mês. 

Na ocasião a vítima desapareceu após informar a família que faria uma “corrida” e o veículo, um VW Voyage de cor preta, que conduzia na ocasião ainda não foi encontrado. Quem tiver informações sobre o automóvel pode informar as autoridades através dos telefones de emergência. 

A prisão dos suspeitos só foi possível em razão da integração e esforço conjunto entre a PRF e a Polícia Civil do estado do Paraná, que estavam no encalço dos suspeitos desde a expedição dos mandados. Após a prisão dos indivíduos, estes foram encaminhados a delegacia de Polícia Civil onde aguardarão julgamento. Ambos devem responder agora pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

O CRIME

Um comerciante e taxista de 52 anos, morador da cidade de Ventania desapareceu no dia 10 de outubro de 2020. Em ligação na noite do crime ele informou a família que faria uma viagem com um grupo que disse ser de uma cidade vizinha, e não voltou a dar notícias. A família então reportou o desaparecimento a Polícia Civil.

Após mais de uma semana desaparecido, o corpo do taxista foi encontrado dia 17, em uma represa em São Jerônimo da Serra (PR), no Norte Pioneiro do Paraná. O crime bárbaro chocou a comunidade local.Os suspeitos foram identificados mas desapareceram antes mesmo da decretação da prisão preventiva pela Justiça.

Deixe um Comentário