Fake News Ribeirão Claro

Vereadora acusa Mario Pereira de fake news em vídeo de campanha

Parlamentar ainda diz que tem provas que desmentem a propaganda eleitoral do candidato


“Sou vereadora até dia 31 de dezembro. Quem duvidar de mim é só me falar que mostro os vídeos”, disse Sarita Baggio
CRÉDITO: Reprodução

Da Redação


A vereadora de Ribeirão Claro, Sarita Baggio polarizou sessão ordinária da Câmara Municipal na noite de segunda-feira, 26. Ela acusou publicamente o prefeito Mario Augusto Pereira (PSC), candidato a reeleição, de divulgar fake news (notícias falsas)em vídeo de propaganda el eitoral. O material no qual a parlamentar se refere, é um vídeo onde o candidato, aparece numa estrada rural mostrando que ele realizou a obra de cascalhamento da estrada. 

Porém, segundo ela, no vídeo ele se refere falando que a obra foi realizada na Bocaiúva, mas as imagens na verdade são de outra via rural. “Aquilo lá é um trecho do bairro Abreus, sentido Três Corações até a encruzilhada dos Fogaças”, corrigiu. 

Sarita, esclareceu para as pessoas que acompanhavam a sessão ao vivo pela rádio e pela transmissão no Facebook, que toda preparação do solo e barrancos foram feitos com maquinários do ex-prefeito e empreendedor Geraldo Maurício Araújo e, inclusive, todo cascalho utilizado foi doad o já preparado. O único trabalho realizado de fato pela prefeitura foi espalhar o cascalho na estrada rural. 

“Único nome como prefeito que vi e reconheci como empreendedor turístico, que valorizou o turismo nessa cidade foi o Maurício. Porque se não fosse os nossos empreendedores, pequenos, médios e grandes, a cidade não estaria do jeito que está”, disse. 

A vereadora ainda alfinetou dizendo que ela tem provas de que Mario Pereira não realizou o serviço sozinho. “Não sou candidata, não apoio nenhum candidato, sou vereadora até dia 31 de dezembro. Quem duvidar de mim é só me falar que mostro os vídeos. Aquilo lá é fak e” , desabafou.  

DISTRITO INDUSTRIAL –A parlamentar aproveitou a oportunidade para desmascarar Mario Pereira, após rejeição de sua reivindicação por pavimentação e ilum ina&cced il;ão pública no Distrito Industrial.

“Reivindiquei e mostro na próxima sessão a resposta do executivo, justificando que aquele distrito tinha sido construído pela gestão anterior. Como se a responsabilidade não fosse da gestão atual. Ou seja, você não pode concluir o que outra gestão começou? Honro todos os meus votos e honro o que eu faço, muito diferente de muitos que estão no poder”, finalizou. 

Deixe um Comentário