Santo Antônio da Platina

Juíza manda fechar o Cartório Ritti

Da Redação


A juíza Luiza Helena Avi Ramos, da Vara Cível da Comarca de Santo Antônio da Platina, em despacho publicado na sexta-feira (23), determinou o fechamento do Tabelionato de Notas e Protestos, popularmente conhecido como Cartório Ritti, a partir da data da emissão da ordem e na segunda-feira (26), por falta de titular que responda pela serventia judiciária.

O titular, José Arthur Ritti, se licenciou para disputar a eleição para prefeito de Santo Antônio da Platina. A substituta está de licença médica até o dia 29 deste mês e, desde sua ausência, o cartório não tem um profissional juramentado para responder pelos atos daquela serventia.

A juíza, na sua decisão, assinala que o cartório poderá permanecer fechado até o retorno da substituta, dia 29, porque é impossível legalmente manter um órgão da justiça funcionar na ausência das duas únicas pessoas que podem assinar os documentos lavrados na serventia.

O fechamento está causando transtornos não só na comunidade local, mas a muitas pessoas de varias cidades da região que recorrem aos servidos do tabelionato.

Deixe um Comentário