Eleições 2020

Aplicativo e-Título agora possui foto do eleitor

Para quem fez o cadastramento biométrico, atualização permite que o aplicativo seja utilizado como documento oficial para votar

TRE-PR


e-Título, aplicativo criado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) como uma via digital do título eleitoral, agora apresenta a fotografia do eleitor, o que permite, para quem fez o cadastramento biométrico, que o app seja utilizado como documento oficial para votar no dia das eleições. No Paraná, mais de 122 mil pessoas já baixaram a nova versão do e-Título.

Baixe o e-Título pelo Google Play ou pela App Store

Como atualizar

Quem já tinha o app instalado antes da atualização da ferramenta, realizada na semana passada, precisa encerrar o login e realizá-lo novamente para carregar a foto, que será a mesma tirada na época do cadastramento biométrico do eleitor. Para isso, o usuário deve acessar a aba “Mais opções”, à direita do menu na barra inferior, e selecionar a opção “Apagar dados do e-Título”. Em seguida, deve informar seus dados para fazer o login novamente.

Além de servir como documento de identificação nas eleições, o aplicativo informa o endereço do local de votação, disponibiliza informações sobre a situação eleitoral e permite a emissão de certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais.

Justificativa de ausência

Outra novidade é que o aplicativo e-Título também poderá ser utilizado para justificar a ausência de voto para pessoas que estiverem fora do seu domicílio eleitoral no dia das Eleições 2020, por meio da geolocalização existente no app. Essa opção de justificativa, em que o próprio aplicativo identificará que o eleitor está fora do seu domicílio eleitoral, estará disponível apenas no dia da eleição, das 7h às 17h, em 15 de novembro (primeiro turno) e 29 de novembro (onde houver segundo turno).

Para realizar a justificativa fora do dia de votação, o cidadão deverá apresentar um documento comprobatório que motivou sua ausência – 60 dias para justificar após cada turno de votação ou 30 dias para justificar após retorno ao Brasil. O pedido será analisado pelo juiz eleitoral. Nesse período, a justificativa acompanhada de comprovação pode ser enviada pelo app e-Título, pelo Sistema Justifica ou diretamente nos cartórios eleitorais.

Deixe um Comentário