Ribeirão do Pinhal

Com dois casos em 40 dias, avanço da Covid-19 desacelera

Da Redação


Após dias turbulentos pelo volume de casos de Covid-19 entre moradores, Ribeirão do Pinhal vive um inédito período de estabilização da doença desde que a pandemia teve início. Para se ter uma ideia, nos últimos 40 dias houve apenas dois diagnósticos positivo e o município não tem um único caso ativo no momento.

Vale lembrar que Ribeirão do Pinhal foi o primeiro município entre os que compõe a Amunorpi (Associação dos Municípios do Norte Pioneiro) a ter um pico nos números da doença, inclusive com  óbitos.

Por várias semanas Ribeirão do Pinhal foi líder regional no número de casos confirmados, mesmo tendo apenas a 9ª maior população entre os municípios da micro região. O município chegou a cogitar a implantação do lockdown – sendo a primeira cidade paranaense a adotar a medida. Entretanto, a ideia não foi concretizada.

Após períodos que oscilavam entre quedas e subidas dos casos, desde o começo de setembro os números mostram queda. Neste mês foram confirmados oito casos de Covid-19, número já bem inferior aos meses anteriores.

Em outubro o ritmo seguiu de desaceleração do avanço da doença e, até o momento, houve dois registros da doença, mesmo com a manutenção da realização de exames por parte da secretaria municipal de Saúde.

Agora as estatísticas de Ribeirão do Pinhal contabilizam o total de 228 casos confirmados de Covid-19. Deste total 11 foram a óbito e 216 estão recuperados. Existem oito casos em investigação e o total de 2.161 casos descartados.

Deixe um Comentário