Santo Antônio da Platina

Irmão de Zezão ataca críticos de sua gestão

Advogado ataca a Tribuna do Vale e seu diretor por divulgar gastos da administração com cargos de confiança

Advogado Joel Coelho não aceita críticas ao irmão prefeito
Foto: arquivo pessoal

Da Redação


O desespero na reta final da corrida eleitoral, mostra o despreparo da equipe do prefeito de Santo Antônio da Platina, José da Silva Coelho Neto, o “Zezão” (Podemos). A simples divulgação pela Tribuna do Vale dos gastos exorbitantes da atual gestão com funcionários de confiança, causaram reação irada do irmão de Zezão, o advogado Joel Coelho, que nas redes sociais saiu em defesa do prefeito atacando a publicação e o diretor do jornal, esquecendo-se que cerca de R$ 11 milhões com salários de apaniguados é um escândalo.  

A Tribuna do Vale, ao expor os gastos exorbitantes da administração, que até 31 de dezembro deste ano passará de R$ 11,5 milhões com cargos de confiança, mostra que esta fortuna equivalente a dez vezes o valor da reforma e ampliação do Pronto Socorro Municipal ou equivalente a construção de pelo menos 5 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

Na manhã desta segunda-feira (19), uma mulher, desesperada, procurou a reportagem da Tribuna do Vale, implorando para que o jornal ajudasse a encontrar um doador para que uma amiga pudesse fazer um segundo exame cerebral no valor de R$ 600. A mesma mulher contou que conseguiu a doação para o primeiro exame, que custou R$ 1.200. Se estivesse entrado na fila para fazer pela prefeitura, levaria um ano, no mínimo, relatou.

Com os R$ 11,5 milhões que estão sendo aplicados nos salários dos funcionários comissionados, seria possível realizar 9.583 exames iguais ao primeiro de R$ 1.200, uma ressonância do cérebro e, 19.166 exames de R$ 600 que a paciente está necessitando. Isso revela o fosso entre o que pensa gente como o Dr. Joelzinho, como é mais conhecido o advogado, e aqueles que precisam da mão protetora da administração pública, os pobres.  

Para muita gente, os gastos do prefeito com seus parceiros comprovam, mais uma vez, que a gestão de Zezão, é o governo dos ricos, de quem não olha para a comunidade carente. Gestão de quem gastou em três anos e nove meses uma verdadeira fortuna com 16 diretores, oito secretários, chefe de gabinete e assessor jurídico. E sequer deu atenção para a situação precária das ruas em diversos bairros da cidade.

Para Joel Coelho, irmão do prefeito, divulgar esses dados é um descrédito em favor da campanha de Zezão. E questiona em parte de um comentário “seu jornal passou quatro anos sem publicar uma única notícia boa dessa administração, e você acha que a população é fantoche”.

A Tribuna do Vale lamenta o desconhecimento de Joelzinho, que apesar de advogado, é mal informado, pois, o jornal nunca deixou de veicular matérias a favor da administração. A última inclusive, anunciou a abertura do Pronto Socorro Municipal. O problema reside no fato de que o prefeito e seus parceiros não tem comunicação e, quando deseja divulgar algum fato, o faz para veículos que lhe são simpáticos, que não questionam e que o colocam como o maioral. A Tribuna do Vale não abdica de seu compromisso com a comunidade, apesar de toda perseguição a que tem sido alvo desde o início da atual gestão

Deixe um Comentário