Ribeirão do Pinhal

APAE de Ribeirão do Pinhal celebra inauguração de centro clínico

Assessoria de comunicação


A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Ribeirão do Pinhal inaugurou nesta quinta-feira (15) o Centro Clínico da instituição. O espaço, com cerca de 300 m2, tem o objetivo de oferecer atendimento a pessoas com deficiência intelectual, múltipla deficiência e transtornos globais do desenvolvimento por meio do acompanhamento clínico e a reinserção social, com uma equipe multiprofissional de psicologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, fisioterapia e assistência social.

O projeto do centro clínico era um sonho antigo e é resultado de uma parceria com a central do dízimo – Pró-Vida, com a Prefeitura Municipal, doações dos associados e promoções realizadas pela entidade.

Segundo o presidente, José Carlos Augusto Pinto, toda equipe sempre atuou com profissionalismo e dedicação, embora os atendimentos fossem realizados em salas pequenas e improvisadas. Entretanto, agora um sonho se realiza de ter um espaço digno e condizente com as necessidades da equipe e dos alunos. “Esse espaço vai contribuir muito para melhorar o atendimento na área de reabilitação de forma a garantir qualidade de vida plena aos nossos alunos, levando em conta a prevenção da integridade física, mental e social, ou seja, um completo bem estar biopsicossocial, promovendo maior e melhor expectativa de vida de nossa clientela, explicou.

Devido à pandemia do Coronavírus não foi possível realizar uma atividade aberta ao público. Apenas algumas autoridades, representantes da comunidade escolar, alunos, direção, professores e funcionários da Escola Especial Despertar (APAE) participaram da inauguração e da homenagem ao senhor Euclides Honório Pereira, que muito se dedicou a instituição, por isso foi escolhido para dar nome ao novo espaço.  Na ocasião também foi prestada uma homenagem aos professores pelo seu dia.

A APAE de Ribeirão do Pinhal atende pessoas com deficiência intelectual, múltipla, com atraso no desenvolvimento neuropsicomotor e com transtorno do espectro do autismo. Hoje, são cerca de 80 alunos. Atualmente conta com uma infraestrutura para fazer atendimento e diagnóstico, atendimento educacional, inclusão no mercado de trabalho e na escola regular.

CENTRAL DO DÍZIMO

A CENTRAL DO DÍZIMO – PRÓ VIDA, é uma instituição com fins não econômicos, considerado uma instituição beneficente de utilidade pública, com sede em São Paulo, fundada em 1979, pelo Dr. Celso Charuri, médico e filósofo, e já beneficiou mais de 11.000 entidades, como hospitais, creches, asilos, orfanatos, escolas e APAEs.

Os recursos arrecadados pela Central do Dízimo são realizados através de depósitos bancários facultativos e anônimos e revertidos na integra a instituições beneficentes.

______

Deixe um Comentário