Wenceslau Braz

Operação surpreende bar com jogos de azar e aglomeração de pessoas

Denúncia foi apurada por equipes da Vigilância Sanitária e Polícia Militar, que encontraram 20 pessoas no estabelecimento


PM e Vigilância Sanitária autuam pessoas que se aglomeram em bar
Foto: Prefeitura de Wenceslau Braz

Da Redação


Equipes da Vigilância Sanitária da prefeitura de Wenceslau Braz e da Polícia Militar surpreenderam um bar com aglomeração de pessoas e a prática de jogos de azar, durante a tarde de quinta-feira (09), no centro da cidade.

A operação conjunta aconteceu após uma denúncia anônima e verificou que as informações eram verdadeiras. No estabelecimento haviam 20 pessoas, dividas entre o salão principal e um segundo ambiente, aos fundos, onde acontecia a prática de jogos de azar.

Além da questão do jogo, as pessoas se aglomeravam em ambientes de pequena metragem e boa parte sem máscaras, descumprindo por completo os decretos estaduais e municipais de prevenção à Covid-19.

Apesar de não resultar em detenções, todo o relatório da operação foi encaminhado ao Ministério Público Estadual, que poderá tomar providências com relação aos envolvidos. O proprietário do bar deve ser multado e pode ter o alvará de funcionamento suspenso.

A Vigilância Sanitária, por sua vez, de imediato colocou 17 pessoas em isolamento domiciliar e outras três em monitoramento, além de todos serem notificados pelos descumprimento dos decretos .

O fato acontece logo depois do município registrar duas mortes por Covid-19 em um espaço de 24 horas – terça a noite e quarta a noite. As vítimas tinham 72 e 55 anos, respectivamente, e eram da mesma família.

HISTÓRICO

Esta é, no mínimo, a terceira polêmica em Wenceslau Braz que acontece durante a pandemia por descumprimentos das medidas preventivas. Em 13 de junho houve a denúncia da realização de uma festa na casa do vereador José Donizete da Costa, o Zezão (MDB), que culminou em uma operação também da Vigilância Sanitária e da Polícia Militar. Na oportunidade foi constatado pelas equipes o som alto, mas quando a porta da residência foi aberta, após cerca de quatro minutos de espera, haviam apenas três pessoas no interior do imóvel.

Após a enorme repercussão que houve na cidade os dias sequentes ao fato, o vereador Zezão negou que realizava uma festa e que a denúncia teve motivação política.

Já no dia 17de junho um caso ainda mais extremo: um rapaz de 21 anos acabou preso em flagrante pela Polícia Civil por desrespeitar o isolamento domiciliar para soltar pipa. O jovem tinha diagnóstico positivo de Covid-19, mas mesmo assim estava em via pública. Houve uma denúncia por parte dos vizinhos que terminou com a detenção – e nova polêmica com grande repercussão local.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios