Informação

Governo libera R$ 17 milhões para sinalização viária em 124 municípios

Recursos serão aplicados na aquisição de placas, pintura de faixas de pedestres e dispositivos de sinalização viária horizontal

Anúncio foi feito em uma videoconferência com os parlamentares e os prefeitos dos municípios beneficiados
(foto: ratinho juniro) CRÉDITO: AEN

Curitiba

Agência Estadual


O governador Carlos Massa Ratinho Junior autorizou ontem (9) a liberação de R$ 17 milhões para implementação de sinalização viária em 124 municípios de todas as regiões do Estado. Os recursos foram disponibilizados pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) dentro do programa Paraná Mais Cidades, com indicação orçamentária dos deputados estaduais.

Os recursos serão aplicados na aquisição de placas, pintura de faixas de pedestres e dispositivos de sinalização viária horizontal – marcações, setas e linhas de controle de fluxo. O anúncio foi feito em uma videoconferência com os parlamentares e os prefeitos dos municípios beneficiados.

“Nesse primeiro momento contemplamos os municípios que estavam com os projetos já encaminhados. Mas é um primeiro lote. Mesmo durante a pandemia mantivemos os convênios com as prefeituras e empenhamos as emendas parlamentares previstas para esse ano para auxiliar na retomada econômica”, afirmou Ratinho Junior.

O diretor-geral do Detran, Wagner Mesquita, que assumiu o posto nesta semana, afirmou que as equipes técnicas e jurídicas do órgão estão trabalhando para acelerar essas liberações para a contratação dos projetos. Nessa linha específica de apoio haverá contrapartida municipal de cerca de 5% em cada intervenção.

“Dentro desse orçamento estipulamos valor máximo de R$ 160 mil por município, mas que pode variar conforme o projeto apresentado. São recursos importantes para sinalização vertical e horizontal, que darão mais segurança para a população”, destacou Mesquita. “A assessoria jurídica está providenciando as certidões e a Diretoria de Tecnologia auxiliará a execução dos projetos. Queremos ampliar o contato com as prefeituras”.

Rodrigo Solda, prefeito de Rio Azul, cidade de pouco mais de 15 mil habitantes no Centro-Sul do Estado, disse que os recursos vão ajudar, ainda, a trazer nova autoestima à cidade em meio à crise econômica. “Investimentos nas áreas urbanas melhoram a vida nos municípios. O Interior do Paraná vem crescendo e esses convênios com o Governo do Estado auxiliam no fortalecimento da cidadania”, acrescentou.

PARANÁ MAIS CIDADES 

O governador citou que os investimentos provenientes do Paraná Mais Cidades contam com apoio da Assembleia Legislativa. O programa tem como foco fomentar o desenvolvimento e oferecer assistência e investimentos aos municípios. Ele foi desenhado junto com os deputados estaduais para fazer com que os recursos atendam áreas prioritárias como infraestrutura, segurança pública e saúde, com impactos diretos no dia a dia do cidadão.

“Estamos vivendo a pior crise desde a geada negra, com pandemia do novo coronavírus, epidemia de dengue, crise hídrica e o ciclone bomba que causou um dos maiores estragos da história da Copel. Mas estamos trabalhando com equilíbrio, confiantes na recuperação da economia. Mantivemos as obras, as liberações aos municípios e os convênios, além dos esforços na Saúde com três novos hospitais e mais de 800 leitos de UTI”, acrescentou o governador. “Queremos manter esse ritmo”.

Segundo o chefe da Casa Civil, Guto Silva, o Estado apostará em apoio ao agronegócio e obras públicas para auxiliar a geração de emprego e a retomada do consumo. Faz parte desse pacote um financiamento de R$ 1,6 bilhão com um consórcio de bancos para obras de infraestrutura e um financiamento de R$ 600 milhões com o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) para intervenções urbanas.

“Apostamos em investimento público e na agricultura, que tem um colchão de liquidez forte no Interior, capaz de ajudar a movimentar a indústria, o comércio e o setor de serviços. Ontem fizemos o lançamento do Plano Safra com mais R$ 460 milhões para esse apoio e temos financiamentos aprovados para obras públicas”, afirmou Guto Silva. “E estamos buscando mais recursos para garantir o movimento da economia. O Estado quer continuar com a política de investimento nos municípios para garantir qualidade de vida para a população”.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo