Santo Antônio da Platina

Família fornece material genético para identificar corpo carbonizado

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Luiz Guilherme Bannwart

A Polícia Civil informou na tarde de ontem (18), que uma família procurou a 38ª Delegacia Regional de Polícia de Santo Antônio da Platina para comunicar o desaparecimento de um jovem, cujo corpo, suspostamente teria sido encontrado carbonizado na manhã do último domingo (14), no Jardim São João.

De acordo com o delegado Rafael Guimarães, a família foi orientada a se dirigir ao Instituto Médico-Legal (IML) de Jacarezinho para fornecer material genético para confronto de DNA. A identificação do cadáver, no entanto, pode levar meses.

Conforme o boletim de ocorrência, o fato ocorreu na manhã de domingo (14), na rua Narley Velasco Gonçalves. O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater um incêndio em residência e encontrou o corpo carbonizado.

Os moradores não reconheceram a vítima, mas informaram aos policiais que a casa estava abandonada. Há informações de que o imóvel era usado por usuários de droga, o que sugere a possibilidade de o incêndio ter ocorrido de forma acidental. No entanto, a polícia não descarta a hipótese de homicídio.

O delegado Rafael Guimarães informou que os trabalhos da Polícia Civil estão bastante adiantados, porém, que os detalhes sobre o caso só serão divulgados na conclusão do inquérito para não atrapalhar as investigações.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo