Santo Antônio da Platina não é uma ilha”; diz prefeito sobre aumento nos casos de Covid-19

Zezão diz que situação é de alerta, mas que não há motivos para alarde e desespero

Luiz Guilherme Bannwart

O prefeito de Santo Antônio da Platina, José da Silva Coelho Neto (PHS), o Professor Zezão, disse na manhã desta quarta-feira (17), ao ser questionado pelo radialista Junior Queiroz sobre o aumento exponencial nos casos de Covid-19 na cidade (até em então 27 moradores infectados), que o município não é uma ilha, portanto, que seria inevitável o crescimento da doença, levando-se em conta a situação em outras cidades da região, no Estado e em todo o País. Zezão disse que a cidade está em estado de alerta, mas que não há motivos para alarde e desespero.

De acordo com o prefeito, o problema maior no enfrentamento ao coronavírus está na falta de conscientização em parte da população. “Muitas pessoas entenderam que o vírus é perigoso e estão fazendo a sua parte, mas ainda tem muita gente que não leva o problema a sério e acha que pode fazer festa, se aglomerar, beber junto com outras pessoas, falar alto, e quanto mais alto fala, mais cospe e mais transmite o vírus. O reflexo disso são nossos hospitais cada vez mais lotados, os leitos do Hospital Regional, reservados para Codiv-19, estão quase todos tomados, e muita gente ainda acha que não há problema algum em se aglomerar”, disse Zezão.

No último fim de semana, segundo o prefeito, o Departamento Municipal de Fiscalização teve muito trabalho para acabar com festas promovidas na cidade e aglomeração de pessoas em bares. “Depois a população diz que o prefeito é ruim. Na verdade a fiscalização não precisaria estar agindo se houve conscientização”, adverte.

Zezão afirmou que a fiscalização será intensificada, com participação efetiva dos organismos de segurança para que os trabalhos sejam mais eficazes. “Temos 27 casos confirmados em um município com 45 mil habitantes, número relativamente baixo, porém, cada um de nós precisa fazer sua parte para evitar a disseminação da doença. Na semana passada aconteceu uma coisa muito chata, um grupo de pessoas precisou ser conduzido à Delegacia porque estava organizando uma festa na cidade, situação que não precisaria acontecer se houvesse conscientização. Portanto, daqui pra frente a fiscalização vai estar ainda mais efetiva”, alerta.

Disseminação

Sem citar nome, Zezão disse que vários funcionários de uma empresa da região estão infectados pela Covid-19 e que o vírus está circulando em várias cidades do Norte Pioneiro. A reportagem apurou que se trata da empresa Frangos Pioneiro de Joaquim Távora. “Isso causou um aumento muito grande dos casos na região, mas ali as pessoas estavam trabalhando, não estavam em festa, nem estavam bebendo, e esse é o grande pedido nosso, para que evitem aglomerações”, reitera.

Boletim

No fim da tarde a Secretaria Municipal de Saúde atualizou os dados do boletim epidemiológico. Agora são 28 casos positivos, 133 em investigação, 295 descarados e sete pacientes recuperados da Covid-19 em Santo Antônio da Platina.