Geral

Regional de Saúde de Jacarezinho registra casos de Covid-19 em 81% das cidades

Apenas Barra do Jacaré, Jaboti, Pinhalão e Ribeirão Claro não registram casos positivos da doença

Curitiba

Da Redação com Agência Estadual

O boletim epidemiológico publicado na segunda-feira (8) pela Secretaria de Estado da Saúde mostra que a circulação do novo coronavírus aumentou 40% no Paraná na última semana. A diferença é entre os 1.477 casos da semana epidemiológica 22 (período de 24 a 30 de maio) e os 2.068 da semana 23 (de 31 de maio a 6 de junho). No mesmo quadro houve aumento de 83% no número de óbitos, de 29 para 53. A doença já atingiu 283 cidades no Paraná (70,9%). Na área de cobertura da 19ª Regional de Saúde com sede em Jacarezinho, 81% das cidades já registraram a presença da doença entre seus moradores. Dos 22 municípios atendidos pela 19ª Regional de Saúde, apenas quatro (Barra do Jacaré, Pinhalão, Jaboti e Ribeirão Claro) ainda não têm casos positivados.  

No Norte Pioneiro, a situação mais grave é Cornélio Procópio. A cidade com 48 mil habitantes tem 159 casos confirmados de Covid, número que coloca o município no topo do ranking negativo do coronavírus, com maior número de casos na proporção pelo número de habitantes. São exatos um caso para 301 habitantes. Para se ter uma ideia do que isso significa, a proporção para cada caso no Paraná é de 1575 habitantes.  

As macrorregiões que registraram maior quantidade de casos novos foram Noroeste (54%), Leste (45%) e Oeste (42%). A primeira pulou de 195 para 300 novos casos em sete dias, a segunda de 543 para 788 e a terceira de 420 para 596. A incidência aumentou 20% na região Norte, de 319 diagnosticados com a doença para 384. 

Entre a semana 21 (de 17 a 23 de maio) e a semana 22 houve crescimento de 68% no número de casos, e a maior incidência foi na região Oeste (163%).

A pesquisa da semana epidemiológica leva em consideração a data do diagnóstico do caso ou do óbito e é alterada com frequência nos boletins conforme a identificação de novos registros. A média de novos casos por dia, a partir desse registro, foi de 295 na semana 23 e de 211 na semana 22. A de óbitos foi de 7,5 na semana passada, contra 4,1 na semana anterior.

Uma análise sobre a evolução diária dos casos e óbitos no mesmo período mostra aumento superior de casos diagnosticados (54,5%), de 1.381 (semana 22) para 2.133 (semana 23), e crescimento de 67,7% em relação às mortes, de 31 para 52. Esse índice é a base dos informes epidemiológicos no Paraná e leva em consideração a quantidade de confirmações em 24 horas.

Nesse indicador, a média de novos casos por dia ficou em 304 na semana passada, contra 197 nos sete dias anteriores. Foram 7,4 mortes por dia na semana 23, contra 4,4 na semana 22.

Situação é mais grave em Cornélio Procópio onde a proporção de casos  é de um para cada 313 habitantes

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo