Geral

Romanelli destaca campanha de incentivo para aumento de consumo de orgânicos

ASSESSORIA

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou nesta terça-feira (9), a importância da campanha promoção do produto orgânico, lançada pelo Ministério da Agricultura que objetiva ampliar e incentivar o consumo de alimentos orgânicos. O deputado disse que o Paraná é um importante produtor de alimentos orgânicos do Brasil e responde por 18,06% dos produtores certificados no país. “São 3937 unidades de produção, que classificam o Paraná como o Estado com a maior quantidade de propriedades rurais certificadas em todo o Brasil”, diz.

Romanelli observa também que durante a pandemia de covid-19, várias formas de distribuição de alimentos oriundos da agricultura familiar, como é o caso dos orgânicos, foram criadas para fazer com que o consumidor tenha alimentos frescos e de qualidade à mesa diariamente.

Para ele, a agricultura familiar tem um papel fundamental na manutenção e recuperação da economia. “O agronegócio – que inclui a agricultura familiar – foi o setor que menos sofreu os efeitos da pandemia. E apoiar os produtores é garantir alimento saudável na mesa e a geração de emprego e renda no campo”.

Incentivo — A campanha do Ministério da Agricultura visa criar redes que facilitem a comercialização e incentivem a produção de alimentos baseados em agroecologia – uma forma de produção voltada aos agricultores familiares que buscam geração de renda de forma sustentável.

No país, de acordo com o ministério, há cerca de 21 mil produtores inscritos no cadastro nacional de produtores orgânicos. No Paraná, são quase 4 mil unidades de produção, que colocam o Estado com a maior quantidade de propriedades rurais certificadas em todo o Brasil.

Auxílio — Romanelli também destacou uma proposta que está em análise na Câmara dos Deputados e que prevê socorro ao agricultor familiar. A proposta prevê, entre outras medidas, a manutenção do repasse da União para estados e municípios comprarem alimentos de agricultores familiares que seriam utilizados para as merendas escolares.

O deputado lembrou ainda dos incentivos do Estado no fortalecimento da agricultura familiar, entre eles, o Compra Direta (programa de aquisição de alimentos) que vai distribuir cerca de R$ 20 milhões para a aquisição de alimentos direto do produtor.

“É um investimento que, somado às demais ações, vai promover o aquecimento da economia, sobretudo nos municípios menores. Certamente, um recurso bem empregado e que demonstra o compromisso do Governo com o agronegócio paranaense”, disse Romanelli.

Deixe um Comentário