Geral

S.A. Platina Cidade registra três novos casos de covid em quatro dias e investiga morte suspeita

Paciente de 43 anos foi sepultado na madrugada de domingo (7) obedecendo protocolo do Ministério da Saúde

Luiz Guilherme Bannwart

Em apenas quatro dias o município de Santo Antônio da Platina registrou três novos casos de Covid-19 e uma morte suspeita pela doença, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde. O sexto caso de coronavírus na cidade foi informado na manhã DE ONTEM (8) e trata-se de uma mulher de 56 anos, que se encontra em isolamento domiciliar.

Na noite de quinta-feira (4), a Secretaria Municipal de Saúde comunicou o quarto caso positivo de Covid-19 na cidade, um homem de 55 anos, que segue em isolamento domiciliar sendo monitorado pela Vigilância Epidemiológica. Na manhã de sexta-feira (5), o quinto caso foi anunciado, um homem de 57 anos, que estava internado no Hospital Nossa Senhora da Saúde, porém, estável.

Na noite de sábado (6), um homem de 43 anos que estava internado no Hospital Nossa Senhora da Saúde desde quinta-feira (4), apresentou complicações em seu quadro clínico e faleceu. Os médicos e profissionais da Secretaria Municipal de Saúde tratam o caso como morte suspeita por Covid-19 e adotaram todos os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde.

O paciente foi enterrado pouco tempo depois, por volta das 2 horas de domingo (8), no Cemitério Parque das Oliveiras. De acordo com o responsável pelos cemitérios municipais, Diego Lemes da Silva, o sepultamento foi acompanhado por poucos parentes, obedecendo ao protocolo em casos de mortes suspeitas por Covid-19, também sendo utilizados equipamentos de proteção individual (EPIs) pelos servidores.

Conforme a secretária municipal de Saúde, Gislaine Galvão, o resultado do exame para comprovar ou descartar a morte suspeita por coronavírus deve ser divulgado na quarta (10) ou quinta-feira (11). Questionada sobre outras duas mortes suspeitas por coronavírus na cidade, uma delas inclusive também no sábado (6) envolvendo um paciente de 74 anos, a secretária explicou que ambos faziam tratamento de câncer, no entanto, diferentemente do protocolo médico adotado com o paciente de 43 anos, nos atestados de óbito não constavam informações sobre mortes suspeitas por Covid-19. 

Deixe um Comentário