Geral

DESTRUIÇÃO Incêndio de grandes proporções consome fábrica da Pro Tork em Siqueira Campos

Fogo atingiu unidade de produção de roupas e botas para motociclistas; curto-circuito pode ter provocado o incidente

Luiz Guilherme Bannwart

Um incêndio de grandes proporções atingiu uma das unidades de produção da Pro Tork, em Siqueira Campos – Norte Pioneiro do Paraná, no início da manhã de ontem (8). O fogo teve início por volta das 6h30 e rapidamente tomou conta da edificação mobilizando equipes de brigadistas da própria empresa, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina. A fábrica atingida era responsável pela produção de equipamentos off road, como roupas e botas para motociclistas.

De acordo com a tenente Ivana Caroline Dias, comandante do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina, o incêndio consumiu um barracão com material têxtil, com cerca de 4.000 m². “A estrutura ficou completamente destruída em razão da grande quantidade de material inflamável que havia no local. Contudo, a ação rápida das equipes de combate a incêndio evitou que as chamas se propagassem atingindo outro barracão ao lado, com 20.000 m² de construção”, disse a tenente.

Ainda de acordo com a oficial, a ocorrência mobilizou cinco viaturas, 17 homens do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio da Platina e da Defesa Civil de Siqueira Campos, sendo utilizados 50 mil litros de água no combate às chamas, que foram totalmente contidas por volta das 12h30. Durante a tarde, no entanto, as equipes ainda trabalhavam no rescaldo do incêndio.  

A Pro Tork, em nota, informou que os bombeiros e a brigada de incêndio da própria empresa foram imediatamente acionados e que nenhum funcionário ficou ferido. Como a fábrica não funciona aos domingos, os funcionários estavam chegando ao local para trabalhar quando ocorreu o incidente.

A empresa também declarou que o fogo provavelmente foi causado em consequência de um curto-circuito. “As atividades no local foram suspensas, sem previsão de retomada, porém, as demais fábricas seguem em pleno funcionamento”, diz trecho da nota.

Leave a Comment