Morre vigilante platinense que teve 60% do corpo queimado

Luiz Guilherme Bannwart


Thiago da Silva com a mulher Gislaine
Foto: Arquivo pessoal

Faleceu no fim da manhã desta sexta-feira (16), em Londrina, o vigilante Thiago Vinícius Braga da Silva. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário havia mais de 30 dias, em consequência de um grave acidente doméstico que resultou em queimaduras em mais de 60% de seu corpo.

Silva trabalhava no Fórum de Santo Antônio da Platina. Ele deixa a mulher Gislaine e duas filhas, a mais nova, recém-nascida.

O corpo do vigilante será velado e sepultado em Santo Antônio da Platina, em local e horário a ser definido pela família.