Santo Antônio da Platina

APAE de Santo Antônio ganha R$ 120 MIL no Nota Paraná

Prêmio será utilizado para custear a construção de quadra esportiva

Da Redação com Assessoria


Mensalmente a Apae de Santo Antônio da Platina recebe cerca de 100 mil notas fiscais doadas por consumidores Foto: APAE NOTA PARANÁ

As APAEs de Santo Antônio da Platina, no Norte Pioneiro, e São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, foram ganhadoras da 35ª premiação do programa Nota Paraná, do mês de outubro. As entidades foram contempladas com R$ 120 mil e R$ 200 mil, respectivamente. O terceiro prêmio, de R$ 80 mil, saiu para Marlise Maria Hanser, aposentada, de Curitiba. Como outubro é o mês das crianças, os valores foram multiplicados por quatro.

A governadora Cida Borghetti entregou os prêmios nesta quarta-feira (24), em solenidade no Palácio Iguaçu, que contou com a presença de crianças e adultos atendidos pela Apae de São José dos Pinhais. Eles fizeram apresentação de dança. “O Nota Paraná se tornou um programa de Estado que vai continuar fazendo a diferença na vida das pessoas e servindo de referência para outras unidades da federação”, afirmou a governadora no encontro.

Ela destacou que desde o início do programa, em agosto de 2015, já foram disponibilizados mais de R$ 1,1 bilhão em créditos e prêmios aos consumidores e instituições sem fins lucrativos. “Além de beneficiar diretamente os cidadãos, o Nota Paraná estimula a cidadania fiscal, combate a sonegação e a concorrência desleal”, destacou.

MELHORA NO ATENDIMENTO – A APAE de Santo Antônio da Platina, contemplada com o segundo maior prêmio, funciona desde 1980 atendendo 220 estudantes matriculados e parte da comunidade com apoio pedagógico e clínico. Por mês, são cerca de 4 mil atendimentos. O prêmio será utilizado para custear a construção da quadra esportiva. “A obra custou R$ 130 mil, e o prêmio vai cobrir quase toda a reforma”, contou o secretário da entidade, Thiago Alberto Aparecido.

Mensalmente a Apae de Santo Antônio da Platina recebe cerca de 100 mil notas fiscais doadas por consumidores. Há 60 urnas espalhadas no comércio para estimular a doação e com o recurso conseguido por elas a instituição consegue pagar funcionários e custear despesas de manutenção. “O Nota Paraná se tornou uma fonte de recursos essencial para a continuidade do nosso trabalho”, disse.

PRESENÇAS– Participaram do evento o secretário da Fazenda, José Luiz Bovo; os deputados estaduais Pedro Lupion, Márcio Paulik e Luiz Claudio Romanelli e os secretários de estado Nádia Oliveira de Moura (Família e Desenvolvimento Social), Silvio Barros (Desenvolvimento Urbano), José Maria Alves Pereira (Direitos da Pessoa com Deficiência) João Luiz Fiani (Cultura), João Barbiero (Esporte e Turismo), Alexandre Teixeira (Comunicação Social).

Deixe um Comentário