Geral

AMP apoia o 8.º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes

Principal encontro estadual de tecnologia para Prefeituras aborda LGPD no setor público, Parcerias Público-Privadas, Lei de Liberdade Econômica e apresenta inovações adotadas por municípios do Paraná e de outros Estados

Assessoria de Imprensa

Tecnologias voltadas para melhorar a eficiência dos serviços públicos nas cidades do Estado serão tratadas por prefeitos e gestores públicos que participam do 8.º Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes, promovido pela Rede Cidade Digital (RCD), em parceria com a Prefeitura Municipal de Maringá, nos dias 07 e 08 de abril.

A Associação de Municípios do Paraná (AMP) e diversas associações regionais apoiam a iniciativa que visa facilitar a implantação de soluções voltadas para tornar as cidades mais conectadas e eficientes. “A Rede Cidade Digital é importante para acelerar a integração dos municípios do Paraná ao processo de modernização das gestões municipais, por meio da tecnologia, e ao conceito de desenvolvimento sustentável. Não há dúvida nenhuma de que, com a tecnologia e com as gestões eficientes que os prefeitos e prefeitas do Paraná estão adotando, teremos mais eficiência na prestação de serviços relevantes para os cidadãos, o que trará melhoria da qualidade de vida a todos”, destacou o presidente da AMP e prefeito de Jesuítas, Júnior Weiller.

No encontro, os avanços tecnológicos das principais cidades do Paraná, como Londrina, Ponta Grossa e Maringá, e de outros Estados, como Belo Horizonte (MG) e Campo Bom (RS) – o quarto município colocado no ranking nacional de facilitadores para novos negócios – , serão apresentados por prefeitos e gestores.

As prefeituras do Estado também poderão conhecer detalhes das ferramentas tecnológicas adotadas em Rio do Sul, considerada a cidade mais transparente de Santa Catarina, e as ações de cidade inteligente de Campo Grande (MS), eleita a capital mais segura do país, conforme ranking divulgado recentemente.

São José dos Campos (SP), a primeira cidade inteligente brasileira com certificação ISO, também é destaque no primeiro dia de Congresso. “São modelos e informações que, não tenho dúvidas, inspiram o trabalho das demais Prefeituras que estão buscando maior eficiência de gestão, principalmente as menores que encontram nos eventos da RCD tecnologias acessíveis e de acordo com a realidade vivida na gestão municipal”, observa o diretor da RCD, José Marinho.

LGPD no setor público, Parcerias Público-Privadas e Lei de Liberdade Econômica também serão abordados no Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes. As inscrições são gratuitas para servidores públicos e devem ser feitas pelo https://sympla.com.br/rcd.

O evento tem o patrocínio ouro da 1Doc, Elotech, Sigma Telecom e DCA; patrocínio prata da IPM Sistemas, Aprova Digital, CTMGEO, Betha Sistemas, Vox City Tecnologia e Head Net; e apoio institucional da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), da Associação Brasileira de Empresas de Soluções de Telecomunicações e Informática (Abeprest) e das Associações de Municípios Comcam, Amcespar, Amunop, Amusep, Amepar, Amop, Amuvi, AMCG, CANTU, Assomec e Amsop.

Serviço:

8º. Congresso Paranaense de Cidades Digitais e Inteligentes

Maringá, dias 07 e 08 de abril de 2022

Inscrições gratuitas para servidores públicos:

Informações via WhatsApp pelo (41)3015-6812

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!