Economia

Micro e pequenas empresas impulsionam criação de empregos no Paraná e no Brasil

Oito em cada dez vagas de emprego foram geradas pelos pequenos negócios paranaenses em 2023

Pequenos negócios seguiram como protagonistas em 2023 – Foto: Tomaz Silva/AGr/Arquivo

Da Redação com Sebrae

Em 2023, as empresas paranaenses celebraram um saldo positivo de 87.599 novos postos de trabalho, segundo levantamento do Sebrae com base no Caged. As micro e pequenas empresas foram responsáveis por 84,7% desse montante, totalizando 74.277 vagas, enquanto as médias e grandes empresas contribuíram com 11.344. Em contrapartida, a Administração Pública teve uma retração, com 424 vagas a menos.

Esse cenário reflete a tendência dos últimos anos, onde os pequenos negócios lideram a geração de empregos no estado. Em 2023, o setor de Serviços foi o principal impulsionador para as micro e pequenas empresas, com saldo de 38.444 vagas, seguido pelo Comércio, com 15.418; Construção, com 10.073; e Indústria e Transformação, com 8.489.

O diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, destaca a importância desses resultados para o desenvolvimento sustentável, ressaltando a necessidade de apoio contínuo para fortalecer a gestão, promover a inovação e facilitar o acesso ao crédito.

No âmbito nacional, as micro e pequenas empresas também foram protagonistas na geração de empregos em 2023, sendo responsáveis por oito em cada dez novos postos de trabalho. No Brasil, foram criadas 1,48 milhão de novas contratações, com as MPE contribuindo com 1,18 milhão de empregos (80,1%), enquanto as médias e grandes empresas responderam por 209,99 mil vagas.

O presidente do Sebrae, Décio Lima, enfatiza o papel fundamental das pequenas empresas para a economia brasileira, destacando que elas são responsáveis pela sobrevivência de 86,5 milhões de brasileiros.

O setor de Serviços também se destacou nacionalmente na criação de empregos, com as MPE contribuindo com 631 mil novas vagas, enquanto entre as MGE o saldo foi de 181,87 mil empregos. Comércio e Construção também apresentaram números expressivos, sem registros negativos de emprego em nenhum setor.

Esses dados reforçam a importância do apoio e estímulo aos micro e pequenos empreendedores, não apenas no Paraná, mas em todo o país, como uma estratégia para impulsionar o crescimento econômico e reduzir o desemprego.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!