Geral

Investimentos em energia solar nos telhados ultrapassam R$ 32,7 bilhões este ano

De acordo com levantamento da distribuidora de equipamentos fotovoltaicos, aportes acumulados na última década cresceram 74% em 2022, saltando de R$ 44 bilhões em janeiro para R$ 76,7 bilhões em outubro

Thiago Nassa – totumcom

Os investimentos privados em sistemas de geração própria de energia solar em telhados e pequenos terrenos atingiram R$ 32,7 bilhões somente este ano no País. Segundo mapeamento da WIN Solar, distribuidora de equipamentos fotovoltaicos pertencente ao Grupo All Nations, os recursos aplicados nos projetos em residências, comércios, indústrias e propriedades rurais saltaram de R$ 44 bilhões acumulados em janeiro para R$ 76,6 bilhões no final de outubro, um crescimento de 74%.

De acordo com o mapeamento, feito com base nos dados oficiais da Agência Nacional de Energia elétrica (Aneel) e Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), entre janeiro e outubro deste ano, a potência acumulada na última década da geração própria de energia solar cresceu 55,5%, passando de 9 gigawatts (GW) para 14 GW, igualando assim a capacidade da usina de Itaipu, a segunda maior do mundo.

Já o nível de emprego no setor desde 2012 subiu de 260 mil postos de trabalho acumulados em janeiro para 420 mil em outubro, aumento de 61,5%. Segundo a WIN Solar, o número de sistemas instalados em telhados e pequenos terrenos cresceu 136%, saltando de 720 mil em janeiro para mais de 1,7 milhão em agosto.

Para Camila Nascimento, diretora da WIN Solar, o avanço dos projetos fotovoltaicos no País reflete a busca dos consumidores por alternativas sustentáveis para reduzir gastos na conta de luz. “A energia solar é atualmente um investimento bastante rentável e ajuda a aliviar o orçamento das famílias brasileiras e ampliar a competividade das empresas”, explica.

“Os consumidores brasileiros que pretendem instalar sistemas de energia solar em residências e empresas têm menos de dois meses dias para solicitar o sistema fotovoltaico antes das mudanças de regras aprovadas pelo Congresso Nacional”, avisa Camila, que também é coordenadora estadual da ABSOLAR no Rio de Janeiro.

Pela nova Lei nº 14.300/2022, publicada no início deste ano, há um período de transição que garante até 2045 a manutenção das regras atuais aos consumidores que fizerem a solicitação de acesso do sistema de geração própria de energia solar até o final de 6 de janeiro de 2023.

Sobre a WIN Solar

A WIN Solar é uma fornecedora nacional de produtos fotovoltaicos para empresas instaladoras, epecistas e distribuidoras regionais. Possui em seu portfólio diversos skus das mais renomadas marcas do mundo, integradas ou não em milhares de potências de geradores, mas também disponíveis para customização conforme projeto, facilmente via plataforma inteligente.

A empresa conta com a estrutura e solidez financeira, reconhecida internacionalmente por meio da certificação Duns Number, do Grupo All Nations, a qual faz parte. O Grupo possui 3 décadas de experiência no mercado de distribuição no ramo da tecnologia, é uma S/A auditada por uma BigFour, e fatura anualmente cerca de R$ 1,5 bilhão. Está consolidado entre as 1000 maiores empresas do Brasil, segundo o Valor Econômico, além de ser certificado pela GPTW como um excelente ambiente de trabalho, espalhados pelo Brasil, EUA e China.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!