Educação

I Feira de profissões da UENP reúne mais de 3 mil estudantes

Mais de 3 mil estudantes visitaram a Feira durante os três dias de evento nos campi de Cornélio Procópio, Bandeirantes e Jacarezinho

A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) realizou a I Feira de profissões da Instituição durante os dias 1, 3 e 4 de novembro, nos Campi de Cornélio Procópio, Bandeirantes e Jacarezinho, respectivamente. O evento, que recebeu durante os três dias mais de 3 mil participantes, dentre estudantes e professores da região, divulgou atividades realizadas pelas graduações e pelos cursos ofertados pela Universidade.

O reitor da UENP, Fábio Antonio Neia Martini, destaca a importância do evento para promoção dos cursos da Universidade junto aos estudantes do ensino médio. “Nossa I Feira de Profissões foi um grande sucesso de público e participação. Enalteço o empenho de todos os colegiados de curso, professores e estudantes, e o trabalho realizado pela nossa equipe da Pró-Reitoria de Graduação. O envolvimento de todos foi fundamental para realizarmos esse grande evento que certamente contribuiu para divulgação dos nossos cursos e ações de nossa Universidade”, disse Fábio.

A pró-reitora de Graduação da UENP, Juliana Suzuki, destaca que a perspectiva da Feira de Profissões da UENP foi dar visibilidade as ações da Universidade, além de despertar nos alunos o interesse pela vida universitária.

O aluno Isaque Augusto, 17 anos, do 3° ano do Colégio Estadual Monteiro Lobato de Cornélio Procópio, partilhou que “a feira foi muito importante para estudantes que estão em dúvidas do que cursar e também para conhecer melhor cada curso. Achei muito legal conhecer aqui o espaço da Universidade. Creio que muitas pessoas não conhecem”. Para a amiga de turma, Ana Carolina Carvalho, 17, a Feira impactou positivamente, por despertar interesse pelos cursos. “Gostei bastante. É uma experiência que acaba despertando o interesse pelos cursos, mesmo os que já conhecíamos, e impacta, porque influencia e te traz certeza do que você busca para a sua vida”, disse.

Para a professora Jéssica Mendonça, do Colégio Monteiro Lobato, foi muito importante esse contato com a Universidade nesse momento de escolha dos alunos. “Vir até a Universidade e ver como todos os cursos funcionam, sua estrutura, é muito motivador e interessante para eles, principalmente nesse momento de escolha. Mesmo que a área que queiram não esteja aqui, já é um caminho para entender o que os espera e para tirar todas as dúvidas”. A professora destaca ainda que a Feira propiciou aos estudantes ter a dimensão das coisas que a Universidade pode oferecer. “Na Universidade, os alunos podem ter acesso a bolsas, projetos de extensão e pesquisa, cursos de línguas, dentre outras coisas”, acentuou.

Natalia Maria de Oliveira, estudante do 1º ano do ensino médio do Colégio Elo, de Jacarezinho, afirmou ter aprendido muito com a Feira através do contato com as várias profissões expostas. “Mesmo já tendo uma opção de curso, a feira me ensinou muito hoje, por meio do contato com todas essas profissões diferentes. Isso é muito bom pra quem ainda não escolheu uma carreira para seguir. As pessoas daqui são muito carismáticas!”, ressaltou a aluna.

Já Vitória Valentina da Costa, estudante do 3º ano do Colégio Camões, de Santa Cruz do Rio Pardo, contou que foi muito importante para ela conhecer as vivências dos estudantes de graduação, principalmente, nessa fase de muita insegurança com o vestibular. “A Feira proporciona para nós, alunos, um melhor conhecimento, principalmente, para quem não tem certeza do que quer ainda. Conhecer as áreas e até as vivências que o pessoal da faculdade tem é muito importante, ainda mais nessa fase de muita insegurança com o vestibular. Foi uma oportunidade única. Muito gratificante ver o carinho das pessoas em nos apresentar os cursos”, disse.

A professora Ana Paula de Freitas, do Colégio Camões, destacou a organização da Feira e a demonstração de conhecimento e domínio por parte dos alunos que apresentaram os cursos. “Resolvi trazer os alunos aqui para que pudessem conhecer na prática o que é uma universidade em funcionamento. Questões de laboratório, pesquisas foi o que mais me motivou a trazê-los para a Feira. Eles adoraram, somente comentários positivos. Nós achamos a Feira muito organizada. Os alunos demonstrando muito conhecimento naquilo que estavam apresentando”, enalteceu.

Durante a Feira, os alunos e professores das escolas da região puderam conhecer os Centros de Estudos, laboratórios e outras estruturas da Universidade, bem como seus serviços prestados à comunidade. A Feira possibilitou interação com os 27 cursos de graduação, professores e estudantes da UENP.

Última modificação: Quarta, 09 Novembro 2022 11:23

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!