Capa

BR-153 – Lombadas na Ponte do Ubá causam acidente

Reportagem do Portal Tá No Site alertou sobre sinalização precária, perigos e afundamento das lombadas construídas na duas entradas do viaduto

Gladys Santoro Biaggioni – Portal Tá no Site

Na sexta-feira, 4, o Portal Tá No Site publicou matéria com o título: ‘Motoristas alertam para risco de acidentes na Ponte do Ubá após instalação de lombadas’, e procurou o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit) para informar a situação, porém, nenhuma providência foi tomada de imediato, e no período da tarde do dia seguinte, 5, um caminhão precisou desviar de um veículo que freou repentinamente na lombada, e acabou caindo ribanceira abaixo.

As informações do acidente são do site Tabajara Notícias. Segundo a reportagem, “um acidente por muito pouco não virou tragédia no km 33 da BR 153, próximo ao UBÁ, entre Santo Antônio e Jacarezinho”.

“O caminhão seguia pela BR-153 sentido Jacarezinho, quando devido a uma lombada recém instalada próximo à cabeceira da ponte, um carro que seguia logo à frente freou bruscamente, o motorista do caminhão para não passar por cima do veículo, desviou, perdeu o controle, saiu da pista e caiu em uma ribanceira”.

Ainda segundo o Tabajara Notícias, “a carreta colidiu e derrubou várias árvores até parar em um matagal. Por sorte, o motorista nada sofreu e foi socorrido pelas equipes da Econorte e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). O veículo ficou no local aguardando sua retirada por meio de um guincho”.

Sem sinalização e afundamento das lombadas
O acidente deste caminhão, infelizmente, retratou com exatidão, o que a matéria do Tá No Site alertou por meio de reclamações de inúmeros motoristas que costumam trafegar pelo local, e que denunciaram a falta de sinalização sobre a existência das lombadas, a instalação das lombadas no lugar de radar ou redutor eletrônico de velocidade e, para piorar, o afundamento das lombadas construídas há bem pouco tempo

Todos esses questionamentos foram levados, no mesmo dia, para a assessoria de imprensa do Dnit, em Curitiba, por meio de e-mail. Algumas horas depois, a reportagem recebeu a seguinte resposta: “O Dnit informa que as lombadas mencionadas da BR-153/PR devem receber o mais breve possível serviços de correções. Em relação aos radares, a Autarquia ressalta que está cumprindo o acordo judicial, homologado pela Justiça Federal, para a instalação de radares eletrônicos em todo o território nacional, visando o controle de velocidade em faixas de tráfego com criticidade ‘média’, ‘alta’ e ‘muito alta’. Os equipamentos são instalados após a aprovação dos projetos e, depois da instalação, passam por aferição do Inmetro. Somente após essas etapas, iniciam a operação, efetivamente, e podem ser visualizados no link abaixo (neste caso, focando no Paraná). https://servicos.dnit.gov.br/multas/informacoes/equipamentos-fiscalizacao?uf=PR (*Clique em mostrar tabela, logo abaixo do mapa, para ver os detalhes sobre cada equipamento)”.

Ponte do Ubá
Localizada na altura do km 33 da BR 153, entre Santo Antônio da Platina e Jacarezinho, a Ponte do Ubá, como é conhecida na região, apresentou sérios danos em agosto deste ano, e precisou ficar interditada por cerca de 10 horas. As fortes chuvas naquele período, abriram um enorme buraco em uma das faixas da pista e também rachaduras no pavimento. O Dnit contratou uma empresa para fazer os reparos, e em seguida decidiu pela construção das lombadas com a intenção de fazer com que os condutores reduzam a velocidade ao passar pelo local, porém, a sinalização avisando sobre os obstáculos é bem precária e o tráfego pesado no trecho já causou danos. As lombadas – uma em cada entrada do viaduto – estão afundando

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!