Cidades

Furto de placas de lombada na Alemoa

Agência Criativa – David Batista

Os pais de alunos agradeceram a iniciativa da construção de uma lombada na PR 151, Rodovia José Alves Pereira, esquina com a Rua “A”, no Balneário da Alemoa. O trecho oferecia risco aos alunos que precisavam cruzar a rodovia após desembarcarem do ônibus escolar.

Na primeira quinzena de maio, os alunos que utilizam o ônibus escolar que faz o percurso Balneário da Alemoa até a Vila Rural, quase foram atropelados por um caminhão que vinha no sentido contrário. Os alunos desceram do transporte escolar do lado direito e estavam cruzando a rodovia.

Depois de ouvir pais de alunos, David Batista, diretor de jornalismo da Agência Criativa de Notícias, morador do local, que presenciou a quase tragédia, rapidamente procurou os meios legais para que providências fossem tomadas visando diminuir a velocidade dos veículos que por ali transitam.

O primeiro passo foi fazer um ofício a prefeitura de Siqueira Campos e ao DER, no dia 20 de maio sexta feira, informando o ocorrido e solicitando ao Departamento de Vias Públicas a construção de redutor de velocidade no local, para evitar uma possível tragédia com as crianças.

Depois do sinal verde o setor competente o próprio David, tomou a iniciativa de fazer uma lombada de terra, que ficou apenas um final de semana sem a devida sinalização, fato esse que irritou uma minoria de motoristas que utilizaram a rede social para destilar a sua indignação, pensando única e exclusivamente si e não na segurança das crianças.

Lombadas furtadas
Já na segunda feira 23, funcionários da prefeitura colocaram 4 placas de sinalização alertando os motoristas. Insatisfeitos com possibilidade de terem que diminuir a velocidade no local, cinco dias após, duas placas foram furtadas durante a noite. Novamente as placas foram colocadas e novamente elas foram furtadas.
Nas redes sociais os internautas falaram em vandalismo, porém esse é ato é caracterizado quando se destrói ou avaria um bem público e ele permanece no local. Na questão das placas a ação é considerada crime(Furto),pois elas foram subtraídas do local. O furto é um crime contra o patrimônio e está disposto no artigo 155, do Código Penal.

Nesta quinta feira as placas foram colocadas pela terceira vez e dona Maria José Moreira Diniz “Dona Preta”, veio pessoalmente no local agradecer a iniciativa da colocação das placas. “Nós estamos do seu lado David, nunca ninguém tomou uma iniciativa dessas, para proteger as nossas crianças. Tenho meu neto Arthur que desce aqui nesta esquina e nós já tínhamos alertado para que alguém tomasse a iniciativa de fazer uma lombada aqui, graças a Deus que o senhor apareceu. Meu genro Eloir “Tali”, que mora aqui do outro lado, também esta do seu lado, continue assim defendendo a nossa comunidade e nossas crianças seu David”, Falou Dona Preta.

Outras Lombadas
Na mesma rodovia, na saída do Balneário, sentido Siqueira Campos, é outro lugar que oferece riscos aos transeuntes que passam pelo local. A aproximadamente 400 metros do trevo do Salto do Itararé, uma criança sofreu escoriações causadas por espinhos existentes as margens da rodovia, quando dois veículos se cruzaram em alta velocidade. A criança foi arremessada sobre os espinhos. “No local não existe acostamento e já encaminhamos ofício a prefeitura e DER (Departamento de Estrada de Rodagem) solicitando a construção de uma lombada que irá oferecer mais segurança para as crianças e pedestres”, dizem os moradores . O ofício foi feito e encaminhado quando a Rodovia estava sendo recapada em abril.

Ainda no Balneário na antiga Rua Siqueira Campos, em frente à Escola Estadual Joaquim Marques de Souza, é outro local que existe a necessidade da construção de uma lombada elevada com faixas de segurança. O diretor da escola Claudio Aparecido, já enviou ofício ao setor competente solicitando a construção da lombada com faixa de segurança. “Essas ações do poder público, são necessárias para oferecer mais segurança aos alunos, na travessia das ruas e vias. Aqui na escola eu fico sempre no portão na hora da saída dos alunos, pois uma grande maioria tende a cruzar a rua e nem sempre eles tomam a devida atenção” Disse Claudio.
Via Watsap, pelo menos algo entorno de 42 pessoas do Balneário da Alemoa, até o fechamento desta reportagem ( hoje 02 de junho 14,30 horas), apontaram seguramente o nome do autor do furto as placas e lombada.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!