Capa

Hospital Regional – Médicos são notificados sobre fim dos contratos da UTI-Covid

Rescisão de contratos ocorre num momento de crescimento dos casos de Covid-19 e internamentos

Da Redação

Médicos que atuam como intensivistas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional do Norte Pioneiro (HRNP), receberam esta semana da FUNEAS – Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), notificação do fim do contrato com a instituição, específico para atendimento a pacientes com Covid-19.

A intenção da Secretaria da Saúde do Paraná é transformar a UTI do Hospital Regional para atendimento geral, ideia reforçada com a redução de pacientes graves.

Ocorre que isso está acontecendo num momento de crescimento assustador de infectados, alguns com gravidade. O balanço desta terça-feira (31), por exemplo mostra que a UTI está com nove leitos ocupados, mesmo número da clínica.

“Eles (Funeas) querem transformar a unidade atual em UTI geral em um momento em que a Covid está em alta generalizada. Os casos aumentando e eles querendo rescindir o contrato com os médicos. É muito arriscado!”, alerta um médico que pede anonimato.

Crescimento da doença
Para se ter uma ideia da gravidade do quadro epidemiológico vale lembrar que nesta terça Jacarezinho somou 94 novos casos, enquanto que Santo Antônio da Platina chegou a 108 infectados, além de 294 ativos, dos quais, um hospitalizado. “Desmontar a estrutura que salvou tantas vidas é uma temeridade neste momento”, assinalou outro médico.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!